Líder do governo repudia agressões na greve e diz que Gladson lutará até o fim pelo diálogo

0

O líder do governo na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), Luiz Tchê (PDT), afirmou na manhã de terça-feira (10) que lamenta o enfrentamento entre o coronel Jorge Rezende e os servidores da saúde. Ele repudiou qualquer ato de agressão verbal e salientou que o governador Gladson Cameli (PP) defenderá sempre o diálogo.

Tchê afirmou que se realmente houve excessos por parte do coronel Rezende é necessário que o ato seja repudiado.

“Nós repudiamos e sabemos que o governador não concorda com estas coisas” diz o parlamentar do PDT.

Tchê afirmou ainda que o governaador é um homem de diálogo e continuará defendendo uma negociação que beneficie a categoria.

“O governador é um homem de diálogo e tenho certeza que continuará negociando. Ontem sentamos e conversamos à exaustão, mas não conseguimos acordo, mas não vamos desistir”, diz.

Comentários

comentários