Jesus Sérgio denuncia fechamento do aeroporto de Tarauacá por falha em projeto do Deracre

0

A falta da simples apresentação de um plano para a zona de proteção do entorno do aeroporto de Tarauacá, ação sob responsabilidade do Departamento Estadual de Estradas de Rodagem, Hidrovias e Infraestrutura do Acre (Deracre), provocou o fechamento da ligação área daquela cidade com as demais cidades do estado. A denúncia foi feita na manhã desta quinta-feira (20) na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) pelo deputado estadual Jesus Sérgio (PDT).

Segundo o parlamentar, o Deracre não apresentou uma licença necessária em tempo hábil e então o Departamento do Controle de Espaço Aéreo interditou a pista.

O deputado lamentou que o aeroporto daquela cidade tenha sido fechado e afirmou que em caso de pessoas doentes em isolamento poderá haver óbitos.

“Sem aeroporto as pessoas terão apenas os rios e de embarcação uma viagem pode levar até 12 horas, se for o caso de um paciente em estado grave ele pode até morrer. Precisamos que esse assunto seja resolvido imediatamente porque os moradores de Tarauacá não merecem e não podem ficar no isolamento”, diz.

Jesus Sérgio afirma que a pista foi interditada em 15 deste mês e até agora as autoridades não tomaram nenhuma medida para resolver a situação.

“Recentemente houve o gasto de mais de R$ 2 milhões para meteorologia e este gasto pode ter sido em vão já que estão retirando tudo. A responsabilidade pelo que está acontecendo é do Deracre que é quem tem o controle do entorno”, diz.

A respeito de providências, Jesus Sérgio afirma que buscará as medidas cabíveis.

“Vamos com a diretoria do Deracre para saber o que aconteceu. Precisam explicar o porquê não foi apresentado o plano. O aeroporto é fundamental para o atendimento da cidade e principalmente para a cidade Jordão. Hoje, por conta da seca, leva cinco dias. Ajeitaram a pista, mas agora está fechado por outros motivos. Já foram removidos dois servidores da infraero”, diz.

Comentários

comentários