Jenilson pede ajuda à ministra Damares para meninas com sequelas da vacina contra o HPV

0

O deputado estadual Jenilson Leite (PCdoB), que é médico infectologista, participou na quinta-feira (23) de uma reunião com a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos Damaris Alves, em Brasília, para pedir mais agilidade e empenho no tratamento das mais de 49 meninas acreanas que sofrerem com possíveis reações adversas após terem tomado a vacina contra o HPV. Pois o fluxo de tratamento das jovens pelo Ministério da Saúde tem sido pequeno e moroso. A anos as meninas e todas suas famílias vem sofrendo um drama sem fim, pois meninas antes saudáveis chegam apresentar até quinze convulsões por dia, hoje sem um tratamento específico.

Também no encontro com a ministra, estava presente a médica e pesquisadora da relação da vacina do HPV com esses casos que acontecem no Acre e em outras em partes do mundo Maria Emília. A Dra. desenvolveu uma teoria fisiopatogênica, e apresentou seu estudo que explica essas reações em várias meninas em determinados lugares do Brasil e do mundo à ministra.

Jenilson Leite retorna ao Acre com o compromisso de continuar acompanhando de perto o tratamento dessas meninas. E a ministra se comprometeu a ter um empenho maior com relação ao atendimento de saúde e social das pacientes.

Em 2014, ano em que a vacinação foi incluída na Rede Pública de Saúde estadual, mais de cinquentas casos surgiram de meninas que tomaram a vacina e apresentam sérios problemas, como convulsão, dentre outros.

Assessoria

Comentários

comentários