Deputados de Rondônia vêm ao Acre para acompanhar trabalhos da CPI da Aleac que investiga Energisa

0
Autor do pedido de CPI contra a Energisa, Jenilson Leite fala sobre a importância da reunião entre os dois estados/Foto: Jardy Lopes

Deputados estaduais do Acre que fazem parte da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que visa investigar possíveis irregularidades no aumento da energia dos acreanos se reuniram na manhã desta sexta-feira (11) com parlamentares de Rondônia que também abriram CPI naquele estado para apurar denúncias de aumentos abusivos supostamente praticados pela Energisa.

Os membros da CPI da Energisa em Rondônia vieram ao Acre para conhecer de perto os trabalhos da CPI instaurada pela Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) para apurar irregularidades na prestação dos serviços fornecidos pela empresa que comprou a Eletroacre.

A ideia é unir forças em torno de um assunto em comum para os dois estados: o alto preço da energia elétrica, que no último mês teve aumento em todas as contas dos consumidores em que a Energisa atua. Além de Acre e Rondônia, a Energisa distribui energia no Mato Grosso e na Paraíba.

Deputados de Rondônia e Acre debatem CPI da Energisa/Foto: Jardy Lopes

Segundo o deputado acreano Jenilson Leite (PSB), autor do pedido de CPI contra a Energisa, a reunião entre os parlamentares que integram as duas CPIs representa um avanço na luta regional contra o suposto preço abusivo praticado pela empresa.

“Essa reunião representa um avanço na luta contra os preços abusivos praticados pela Energisa. A Energisa chegou ao Acre promentendo serviço de qualidade com preços justos, mas não é isso que tem ocorrido. A CPI tem sido propositiva para fazer com que essas promessas se cumpram”, diz.

Integram a comitiva rondoniense os deputados estaduais Alex Redano (PRB), presidente da CPI, Ismael Crispim (PSB), vice-presidente, Jair Montes (PTC), relator da CPI, e outros dois parlamentares, Cirone Deiró e Marcelo Cruz.

Após a visita dos deputados rondonienses ao Acre, os parlamentares acreanos se articulam para também visitarem o estado de Rondônia para debaterem entre deputados do Acre, Rondônia e Mato Grosso uma forma de combater os supostos preços abusivos praticados pela Energisa nesses estados.

Comentários

comentários