Coluna da Gina: Descontente com o PT, vereador Dankar é convidado para se filiar ao PODEMOS

0

A incoerência tem nome

A ex-deputada Toinha Vieira (PSDB) atingiu o nível absurdo de incoerência ao afirmar à imprensa local que o PT, o qual se aliou atualmente, é diferente daquele que a massacrou no passado. Não há diferença, Toinha. É o mesmo PT.

Mais simples

Toinha e Zé Viera poderiam justificar o apoio deles ao PT se restringindo apenas à simpatia que sentem por Marcus Alexandre (PT), pois isso faria mais sentido, embora se saiba que o não apoio a Gladson Cameli (PP) é revanchismo puro.

Revanche

O casal Vieira está devolvendo a Gladson a falta de apoio que receberam na campanha de Toinha Vieira a prefeitura de Sena Madureira em 2016. Mesmo tendo prometido que não iria para o palanque de nenhum candidato da oposição, pois havia mais de um candidato do mesmo grupo, Gladson acabou optando pelo palanque de Mazinho Serafim (PMDB), que venceu a eleição.

O mesmo erro

Gladson Cameli (PP) continua mantendo sua tradição de ter dificuldades em lidar com os integrantes dos partidos da oposição.

Ilderlei Cordeiro

O prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro (PMDB), afirmou após ter a casa assaltada que irá perdoar e abraçar o assaltante. É bom que se diga ao rapaz que do jeito que anda a violência e a falta de respeito pela vida humana, não é recomendado tal atitude. Atualmente se mata por qualquer bobeira.

Ilderlei e os valores Cristãos

Ilderlei tentou bancar o cristão perdoador, mas é bom que se diga ao prefeito que está mais do que na hora dele começar a mostrar que possui outros valores cristãos também, o que inclui manter a palavra empenhada e não mentir sob hipótese alguma.

Solidariedade

Fora essas observações feitas sobre a religiosidade de Ilderlei Cordeiro e sua declaração esdrúxula, a coluna deixa aqui a solidariedade da equipe Folha do Acre pelo fato dele ter entrado para as terríveis estatísticas da criminalidade que atinge o Acre.

PDT discutindo segurança pública

Por falar em violência e políticas públicas de segurança pública, na noite de quarta-feira (5) a direção do PDT se reuniu para discutir segurança pública e educação para o próximo governo. É justamente no PDT que o secretário de Segurança Pública, Emylson Farias, é filiado.

Mais mortos

Na mesma noite em que o PDT se reuniu para discutir segurança pública, mais dois jovens foram executados, um deles com mais de 15 tiros, e passaram a engrossar as estatísticas de assassinatos no Acre.

Dankar e Railson

Mamed Dankar

O vereador de Rio Branco pelo PT, Mamed Dankar, anda descontente por ser vítima de críticas de alguns aliados demonstrou seu descontentamento em discurso na Câmara.

O convite de Railson Correia

O vereador Railson Correia aproveitou o desabafo de Dankar, que supostamente foi destinado ao PT, e convidou o colega para se filiar ao PODEMOS.

Bom dia a todos

Comentários

comentários