Aleac antecipa votação da LOA e deputados da oposição protestam

0

Uma longa polêmica foi travada na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) na sessão extraordinária na tarde de terça-feira (3) após a oposição acusar a Mesa Diretora de ser conivente com uma fraude, haja vista que membros da Comissão de Orçamento e Finanças (COF) não foram convocados para análise prévia da Lei de Orçamento Anual (LOA).

A votação da matéria foi antecipada em pelo menos 15 dias, de acordo com o calendário Legislativo, e os deputados de oposição afirmam que a antecipação é por conta da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) que foi judicializada depois de ter sido aprovada com vetos derrubados e logo após voltou à votação por ordem do Executivo.

O deputado Jenilson Leite (PSB) afirmou que houve fraude e que o relatório da comissão foi falsificado.

O comunista Edvaldo Magalhães, titular da comissão, afirmou que não foi convocado para a reunião para analisar o documento. O presidente da COF, Chico Viga, afirma que houve a reunião e que o relatório é legítimo.

De acordo com o deputado Daniel Zen (PT), a pressa dos deputados em aprovar a LOA é por medo da decisão judicial.

Comentários

comentários