Assessor do governo é acusado de agredir ex-esposa e caso vai parar na Delegacia da Mulher

0
Assessor da Juventude, Weverton Mathias/Foto: Arquivo pessoal

O assessor especial da Juventude do governo do Acre, Weverton Mathias, envolveu-se numa confusão durante a festa de confraternização da Secretaria de Articulação Institucional (SAI), na quinta-feira (21), em um buffet no bairro Tropical, em Rio Branco, que acabou na Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher.

Mathias foi acusado de agressões físicas e verbais contra a ex-esposa, Rebeca Aguiar, que é cargo em comissão na Secretaria de Articulação Institucional. A confusão envolvendo Mathias e a mãe do filho dele teria resultado em empurrões e tapas.

Uma fonte da Folha do Acre, que estava presente no momento da confusão, relatou que tudo começou quando Mathias pegou o filho que tem com Rebeca no colo. A mulher teria negado que o pai ficasse com o filho e foi empurrada por ele. O caso foi parar na Delegacia de Polícia Civil, onde foi registrado um Boletim de Ocorrência.

Procurado pela reportagem da Folha do Acre, Mathias negou que em algum momento tenha agido de forma agressiva com a ex-mulher e a ex-cunhada, e afirma que foi vítima da ação descontrolada das duas. Ele diz ter sido agredido pelas mulheres segurando a criança no colo.

“Tive um desentendimento com a mãe do meu filho. Fui buscar a criança e ela não quis me entregar, fez showzinho e de quebra ainda levei uns tapas dela e da irmã, isso segurando a criança no colo. Eu não agredi, ameacei ou esbocei qualquer reação, me dirigi para delegacia e prestei um boletim de ocorrência para me resguardar. O fato foi esse, e foi presenciado por mais de 30 pessoas”, disse.

A reportagem também entrou contato com a irmã de Rebeca, que negou que ela e a irmã tenham agredido o assessor do governo do Acre.

Comentários

comentários