Carnaval do Aeroporto Velho terá segurança reforçada e bailes infantis e da 3ª idade

0

A Associação de Moradores do bairro Aeroporto Velho segue organizando os últimos detalhes para a realização do Carnaval comunitário, um das folias mais animadas de Rio Branco. Além de buscar apoio para realizar a festa popular, a associação também conseguiu apoio junto à Prefeitura de Rio Branco, através da Fundação Garibaldi Brasil, para o evento que se iniciará no sábado (10) e finaliza na terça-feira (13).

O presidente da Associação de Moradores do Aeroporto Velho, José Edenilson, o “Negão da Baixada”, afirma que o evento será um dos melhores da cidade, contanto com estrutura adequada e segurança para garantir a festa dos foliões.

“O Aeroporto Velho já tem tradição de oferecer o melhor Carnaval de Rio Branco, com muita animação e segurança adequada. Teremos a melhor estrutura e as melhores e mais animadas bandas para as noites de festa”, diz.

O Carnaval do Aeroporto Velho é o mais tradicional da Baixada da Sobral e um dos mais antigos de Rio Branco, sendo que já era realizado nesse formato comunitário antes mesmo de os carnavais de bairro receberem apoio da prefeitura.

Carnaval do Aeroporto Velho terá apoio da prefeitura

A festa carnavalesca do bairro foi realizada em 2016 e 2017 no estacionamento do Ginásio Álvaro Dantas e contou com a participação de milhares de pessoas. “Foi sucesso total e ainda mostramos como realizar uma festa sem violência e com muita alegria”, frisou “Negão da Baixada”.

Para a programação de 2018, a associação pretende realizar bailes infantis e da melhor idade. “Queremos resgatar a alegria das famílias tão sofridas da nossa região”, diz.

O Carnaval do Aeroporto Velho foi um dos eventos credenciados pela fundação de cultura sendo fruto do engajamento da comunidade, incrementa a economia local e fortalece novas e tradicionais iniciativas culturais. O presidente da FGB, Sérgio de Carvalho, cita ainda que “o Carnaval nos bairros, que foi um grande acerto do prefeito Marcus Alexandre, tem índice zero de violência e ocorrências”.

Comentários

comentários