Arquiteta denuncia abandono do Parque da Maternidade, no centro de Rio Branco

0

A arquiteta Patricia Nunes, esposa do proprietário da empresa Engenharia Albuquerque, João Albuquerque, denunciou o abandono do Parque da Maternidade, que corta boa parte da cidade de Rio Branco, capital do Acre.

Patricia usou seu perfil nas redes sociais para denunciar o que ela classifica como insatisfação com o abandono do poder público com o parque.

“Hoje resolvi mostrar aqui minha insatisfação com o abandono que vive hoje o nosso Parque da Maternidade. Mato batendo no meio da canela, muita lama, a Concha Acústica ainda sem a lona. Ciclovias enlameadas. E isso bem no centro da cidade”, escreveu.

Parque da Maternidade está abandonado, diz arquiteta/Foto: Arquivo pessoal

A arquiteta afirma que gostaria de ver o parque bem cuidado, pois é usado por muitos para passeios e caminhadas com a família.

“Eu e muitos gostaríamos de ver esse parque bem cuidado para que as famílias voltem a usar para passeios e praticas de esporte. Gosto muito do Parque Tucumã. Mas porque toda a manutenção tem que ser para lá? Para que tenhamos que gastar tempo e dinheiro com transporte para poder fazer uma caminhada. Já está mais que na hoje de a prefeitura dar uma olhada para esse lado aqui, como também na ciclovia, pista de caminhada da Amadeu Barbosa e Quadras ali do entorno da Arena da Floresta”, concluiu.

Comentários

comentários