Prefeito de Feijó proíbe trânsito de veículos com peso bruto total superior a 20 toneladas

0
Prefeito de Feijó, Kiefer Roberto

O prefeito da cidade de Feijó, Kiefer Roberto Cavalcante Lima (PP) decidiu seguir o prefeito de Sena Madureira e também proibiu o trânsito de veículos pesados em toda a área urbana do município. Mas, ao contrário do colega, Kiefer foi mais brando e limitou o peso bruto total (PBT) em 20 toneladas.

A justificativa para a proibição foi a fragilidade das ruas da cidade e o péssimo estado de conservação destas. Tudo agravado pelo “inverno rigoroso que vem assolando o município de Feijó, trazendo um agravamento e ampliação nos buracos e pontos críticos das estradas e vias urbanas”.

O Decreto N°144/2017 excepcionou apenas a entrega de materiais de construção, como areia, barro, brita e tijolos, mas em caminhão de dois eixos (toco). Os com três eixos (truck) e para o mesmo serviço podem circular com a metade da capacidade de BTP do veículo.

Para a classificação das restrições a prefeitura considerará o discriminado pelas especificações do fabricante ou do Certificado de Licenciamento Anual.

Somente têm liberdade de trânsito os veículos pertencentes às Forças Armadas; Forças Auxiliares e; destinados à manutenção e reparo de redes de energia elétrica, de água e esgotos, de coleta de lixo.
Os caminhões ou carretas que não se enquadrarem terão de parar na entrada da cidade e providenciar o transbordo da carga ou vão sofrer as consequências legais, como multa.

Comentários

comentários