sábado, dezembro 4, 2021
25.3 C
Rio Branco
sábado 04 dezembro 2021

Sinteac cobra abono do governo e da Prefeitura de Rio Branco para Educação

POR Redação

A diretoria do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Acre (SINTEAC) convocou os servidores da rede estadual e municipal para uma assembleia geral na próxima segunda-feira (dia 22). O movimento sindical cobra a apresentação de uma contraproposta do governo do Estado e da prefeitura de Rio Branco do pleito da categoria que reivindica a reformulação do Pla- no de Cargos, Carreiras e Remunerações (PCCR), o pagamento do Abono Salarial e a garantia do Auxílio Alimentação de 2022.

A assembleia deliberativa prevista acontecer na Associação dos Servidores Municipais de Rio Branco (Assemurb) pode deliberar por mais uma paralisação por tempo indeterminado nas escolas da rede estadual e municipal. Descontente com o descaso das autoridades, os trabalhadores em educação (professores e funcionários de escola) estão dispostos a não encerrar o ano letivo previsto para dezembro deste ano.

A categoria reivindica os seguintes pontos: reajuste salarial, reposição das perdas inflacionárias de 2020 a 2021, inclusive um estudo correspondente à reposi- ção anterior (2019), revisão das distorções das tabelas do PCCR, pagamento do abono das sobras do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) e a garantia do pagamento do auxílio alimentação a partir de jan

ro de 2022, conforme o acordo judicial celebrado no meio do ano para o encerramento da paralisação na rede estadual no primeiro bimestre deste ano. A nova proposta precisa ser votada pelos deputados antes do recesso parlamentar da Assembleia Legislativa do Estado do Acre (Aleac) previsto para a segunda quinzena do próximo mês. O governador Gladson Cameli sinalizou com a possibilidade de concessão da reposição das perdas salariais, mas não estipulou valores. “Isso é um direito dos servidores, esta é uma pauta que trato com muita tranquilidade e responsabilidade para não criar uma falsa expectativa”, declarou.

Bolcalom divulga hoje abono para a Educação

O Prefeito Tião Bocalom, acompanhado da secretária mu- nicipal de Educação Nabiha Bestene, falará hoje sobre o abono salarial com a verba do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb). Cinco municípios acreanos já garantiram o pagamento do abono, em reconhecimento à dedicação dos trabalhadores em Educação (professores e funcionários de escola) durante a pandemia.

O prefeito de Cruzeiro do Sul Zequinha Lima, começou a pagar desde o primeiro semestre deste ano, o valor de R$1.000,00 e no mês passado desembolsou a quantia R$2.000,00, enquanto o prefeito Plácido de Castro Camilo da Silva, pagou um abono de final de ano no valor de R$5.800,00. A prefeita de Senador Guiomard Rosana Gomes, pagou um abono de R$1.000,00 e o prefeito de Porto Valter César Andrade, um abono de R$800,00.

O prefeito de Sena Madureira e a prefeitura de Tarauacá sinalizaram pagar o benefício até o final de ano. Com as demais prefeituras, as negociações estão por conta dos núcleos do Sinteac.

A Tribuna

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img