Prefeitos ameaçam abandonar a Amac diante da péssima gestão de Marilete, diz colunista

0

Falsa esperança

O líder do governo na Assembleia Legislativo do Acre, deputado Daniel Zen (PT), tem razão ao dizer que o projeto de lei apresentado para evitar a demissão de 1,8 mil serviços do Pró-Saúde é uma quimera, uma falsa esperança.

Inconstitucional

Segundo Daniel Zen, o projeto apresentado por Raimundinho da Saúde é inconstitucional, possui vícios jurídicos insensíveis e ocasionará despesa ao Executivo, ou seja, está fadado ao fracasso.

Sem condições

Sem contar que o Estado não possui mais limite de gasto para despesa com pessoal, sendo, portanto, maldade iludir os trabalhadores do Pró-Saúde.

Não irão continuar

A verdade que todo mundo sabe e poucos querem admitir é que o governo está demitindo os trabalhadores do Pró -Saúde, conforme determinação do Ministério Público do Trabalho e continuará a fazê-lo, pois não possui intenção e nem condição de manter tais trabalhadores.

Pega mal

Às véspera de não eleitoral não vai pegar bem a demissão desses trabalhadores da saúde, mas não há outra solução.

PMDB

O PMDB é mesmo um partido confuso em todos os níveis. Na última terça a executiva estadual da sigla emitiu nota afirmando que o partido defende a união das oposições. Esse assunto já não estava definido?

Ilderlei Cordeiro

Por falar em PMDB, vai de mal a pior a gestão de Ilderlei Cordeiro em Cruzeiro do Sul. Nem uma surpresa nisso, mas se deve admitir que ele está se superando no quesito mediocridade.

Descontentes

Tem prefeito bastante descontente com a gestão de Marilete Vitorino à frente da Associação dos Municípios do Acre (Amac) e prometem inclusive abandonar a associação.

Deixar a Amac

Os prefeitos estariam descontentes com o aumento no repasse que cada município deve fazer à associação e prometem abandonar a Amac.

Mazinho Serafim

Notícias de Sena Madureira dão conta que a mania de grandeza e síndrome de dono da razão que acomete o prefeito Mazinho Serafim se agravou e ele está cada dia pior.

Bom dia a todos

Comentários

comentários