Luiz Gonzaga é destaque como um dos 3 deputados mais atuantes da Aleac

0

O deputado estadual Luiz Gonzaga (PSDB), primeiro-secretário da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), fechou o semestre legislativo como um dos três deputados mais atuantes do parlamento, de acordo com levantamento interno feito pela casa legislativa.

Nos seus 6 primeiros meses como primeiro-secretário da Aleac, o segundo cargo mais importante no organograma da casa, Gonzaga conseguiu realizar agendas institucionais, visitas ao interior do Acre e apresentar projetos e requerimentos que beneficaram todo o estado.

Autor de mais de dezenas de proposituras legislativas, como projeto e requerimentos, Gonzaga foi elogiado nas redes sociais por ter sido o autor de diversos projetos de largo alcance social, entre eles o que o projeto de lei que regulamenta punição para alunos que depredarem escolas públicas.

O projeto antivandalismo nas escolas, que foi apresentado por Gonzaga em junho, trata sobre combate ao vandalismo em escolas e reparação dos bens públicos por parte de infratores ou de seus responsáveis. O objetivo do projeto é coibir a depredação de bens públicos e obrigar que haja reparação do que foi depredado.

“Adotar medidas preventivas e corretivas para situações em que alunos pratiquem vandalismo. A finalidade é a proteção das escolas, reparar o bem”, diz.

Além do projeto antivandalismo, Gonzaga também foi o autor da solicitação para que órgãos competentes investiguem aumentos abusivos em postos de combustível. O deputado também propôs requerimento solicitando caixas 24hs em Cruzeiro para fomentar a economia e um online de depósito ao banco do Brasil.

Além do trabalho interno na Aleac onde cumpre papel de ordenador de despesas e outras funções administrativas inerente ao cargo de primeiro-secretário, Gonzaga não deixou de visitar o interior do Acre e, acompanhado do vice governador, Wherles Rocha, e da deputada federal Mara Rocha, o deputado visitou todos os municípios do vale do Juruá.

Nas visitas ao interior o deputado colhe demandas para transformar em requerimentos e projetos. “Para legislar bem temos que conhecer de perto o interior, as dificuldades que as pessoas enfrentam”, diz.

Comentários

comentários