Um mês após explosão de barco no Juruá, morre sexta vítima em Goiânia

0

Um mês após a explosão do barco que vitimou 18 pessoas no Rio Juruá em Cruzeiro do Sul, mais uma morte foi registrada nesta segunda-feira (08). Jocicleia Ferreira Silva, teve morte cefálica confirmada pelos familiares. A vítima estava internada em Goiânia, e de acordo com informações, os aparelhos da paciente foram desligados.

Jocicleia era esposa de Valdir Torquato, que morreu na última quinta-feira, 27 de julho. Uma criança, filha do casal permanece internada no Hospital João XXIII de Belo Horizonte.

Seis vítimas:

Jocicleia Ferreira Silva, morreu nesta segunda-feira, 08 de julho, em Goiânia.

Valdir Torquato da Silva, de 51 anos, morreu na madrugada desta quinta-feira (27) no Hospital João XXIII, em Belo Horizonte (MG).

Antônio José de Oliveira da Silva, de 33 anos, morreu no sábado (15), no hospital João XXIII, em Belo Horizonte (MG).

Antes dele, já tinha ido a óbito Simone Souza Rocha, de 24 anos, que morreu no dia 9, ainda em Cruzeiro do Sul.

Marluce Silva dos Santos, 38 anos, também seria encaminhada para Minas Gerais, mas também não resistiu e morreu no dia 11, no Hospital do Juruá.

Um bebê que estava em tratamento em Rio Branco, filha de Marluce, também não resistiu e morreu no dia 15.

Comentários

comentários