Polícia apreende adolescente com 10 kg de maconha após denúncia via WhatsApp

0

Agentes da Delegacia de Combate ao Narcotráfico (Denarc) apreenderam na tarde de quarta-feira, 4, um carregamento de maconha que estava em poder de uma adolescente de 17 anos. O entorpecente estava sendo levado para o município de Tarauacá (distante mais 400 km de Rio Branco), onde seria distribuído nas áreas de tráfico da cidade.

A abordagem aconteceu em um posto de gasolina na região do bairro São Francisco no momento do abastecimento do carro onde estava a adolescente.

De acordo com o delegado Pedro Resende, titular da Denarc, os investigadores receberam a denúncia anônima através do WhatsApp da Divisão Especializada em Investigações Criminais (Deic) sobre uma mulher que levava um carregamento de drogas para município acreano em um carro de frete. Os policiais passaram a percorrer os pontos de locação de frete na tentativa de localizar a pessoa indicada na denúncia.

No período da tarde eles receberam novas informações sobre as características do veículo em que estava a jovem e a localização. Os investigadores seguiram até o posto de combustíveis na entrada do conjunto Jardim Tropical onde realizaram a abordagem e o flagrante.

Na mala da jovem, além de suas roupas, os policiais encontraram o entorpecente (pouco mais de 10kg) avaliado em mais de R$40 mil.

Ainda de acordo com a autoridade policial, em depoimento, a jovem revelou que faz parte da organização criminosa Bonde dos 13 (B13) e que foi contratada para buscar a droga em Rio Branco e transporta-la até Tarauacá.

“A adolescente confessou que foi contratada para buscar a droga em Rio Branco e leva-la para Tarauacá. Ela disse ainda que integra a facção B13 e que o entorpecente era para abastecer as bocas de fumo no município. Ela já passou cerca de 45 dias internada pelo crime de tráfico de drogas quando foi flagrada pela polícia no município”, explicou Resende.

Pedro Resende ressaltou também que a Denarc está investigando quem enviou e quem receberia a droga encontrada com a jovem.
“Já temos alguns suspeitos e estamos investigado para identificar quem estava enviando e que iria receber a droga”, disse.

Ascom

Comentários

comentários