PF prende taxistas por transporte ilegal de imigrantes e contrabando no Alto Acre

0

A Polícia Federal realizou na data de hoje a Operação Magna Obice, destinada ao combate de transporte ilegal de imigrantes e contrabando realizado na região do Alto Acre,
Na data de hoje, força-tarefa composta por policiais federais e agentes da receita federal efetivaram fiscalização em dezenas de veículos, além de vigilância, acompanhamento de suspeito e captura em fuga de flagranteados que tentaram se evadir do local.

O nome da Operação é uma alusão latina que significa ´´Grande Barreira“. O termo foi utilizado na tentativa de simbolizar a intensificação dos órgãos federais envolvidos no combate ao tráfico de imigrantes e ao contrabando. Ao todo foram realizadas três prisões em flagrante por tráfico de imigrantes e uma prisão em flagrante por contrabando.

Todos os presos eram taxistas e faziam o transporte ilícito de estrangeiros e das mercadorias. O crime de Tráfico de Imigrantes é tipificado no novo Estatuto do Estrangeiro, publicado em 2017, com pena de 2 a 5 anos de reclusão, assim como o delito de Contrabando.

O trabalho foi realizado por policiais federais da Delegacia de Polícia Federal de Epitaciolândia e agentes da Receita Federal de Brasiléia, além do apoio da Operação Sentinela, força-tarefa permanente da Polícia Federal, localizada em Assis Brasil e destinada ao combate de crimes na região de fronteira.

Com informações da Ascom PF

Comentários

comentários