Ação teve início na Segunda-feira/FOTO: Rede Amazônica

Uma pistola 9 mm, com 44 cartuchos, 146 tabletes de maconha, 170 isqueiros, 517 objetos cortantes, 347 estoques, 29 cachimbos para uso de crack, 41 celulares e pelo menos 57 chipes. Todo esse material foi apreendido no interior do complexo Francisco D´Oliveira Conde-FOC, em Rio Branco. A Operação que contou com mais de 600 homens das forças armadas durou três dias.

Participaram da ação, além do Exército Brasileiro, a Marinha, Força Aérea Brasileira, Ministério Público Militar, Corpo de Bombeiros, e as polícias Civil e Militar. Foram empregados durante os dias de operação, 57 viaturas, 17 detectores de minas, 4 detectores de equipamentos eletrônicos e 7 cães farejadores. A Secretaria de Justiça do Estado também prestou apoio.

Veja o vídeo:

O secretário Emylson Farias, da segurança pública, disse durante coletiva de imprensa no fim da tarde desta quarta-feira (31), que com o apoio das forças armadas foi realizada uma verdadeira varredura no maior presídio do Acre. Novas operações dessa magnitude poderão ocorrer no decorrer do ano, tanto nas penitenciárias da capital, com também nos municípios do interior.

“Foi uma atuação conjunta do Sistema Integrado de Segurança Pública, com o Exército e todas as instituições que formam as forças armadas. Dessa vez foi feita a varredura total de todas as celas do Francisco de Oliveira Conde. Já na próxima semana vamos começar a usar o Bory Scam, onde toda pessoa que desejar entrar na unidade, vai ter que primeiro passar pelo equipamento”, pontuou.

Comentários

comentários