Morre no PS a 3ª vítima do ataque de membros de facção no Oscar Passos

0

Gleiverson Fernandes da Silva, 29 anos, um dos feridos a tiros no final da tarde do dia 07 de julho em um bar no bairro Oscar Passos, em Rio Branco, não resistiu aos ferimentos e depois de nove dias internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) morreu na noite de segunda-feira (16).

Além de Gleiverson, seus amigos Ygor Werik de Lima Cavalcante de 16 anos e Júnior Cleiton que também se encontravam no dia ataque dos criminosos, também morreram.

O responsável pelas investigações Delegado Remulo Diniz informou a reportagem Folha Folha do Acre, que as investigações já estão bem avançadas e que em breve a Polícia Civil apresentará a sociedade os acusados.

Entenda o caso

O crime aconteceu por volta das 17h de sábado (7), no bairro Oscar Passos na rua Dr. Mário Maia, onde três pessoas foram feridas a tiros dentro de um bar. Cleilton Oliveira da Silva Júnior, morreu no local, já Ygor Werik de Lima Cavalcante de 16 anos, morreu ao dar entrada no pronto socorro. Gleiverson Fernandes da Silva se encontra em estado grave no hospital.

Dois homens não identificados em uma motocicleta em posse de armas de fogo invadiram o bar efetuaram vários tiros.

Familiares dos dois adolescentes garantem que as vítimas eram inocentes e não perteciam a nenhuma facção criminosa.

Eles usaram as redes sociais para defender as vítimas mortas, disseram que Junior Cleiton trabalhava como vendedor de salgados e estaria jogando sinuca no bar, que é de um parente, quando foi baleado. A outra vítima, Ygor Werik, estaria no bar apenas para usar a internet do local quando foi morto.

As mensagens dos familiares rebatem a declaração do secretário de Polícia Civil do Acre, Carlos Flávio, que afirmou que entre as vítimas da guerra entre facções “não tem nenhum santo”.

Comentários

comentários