Em suposta nota, CV diz que está preparado para “guerra” e governo terá que pedir ajuda federal

0

A população do Acre, que está longe de se acostumar com a onda de violência que tomou conta de todo o estado, vive aterrorizada e trancada dentro de casa ainda tem que ‘engolir a seco’ as declarações de gestores que afirmam não estar morrendo “nenhum santo”, mesmo os fatos provando o contrário, estão sim, morrendo inocentes.

No último final de semana, mais precisamente no domingo, 08 de julho, uma suposta “Nota de Esclarecimento” atribuída ao Comando Vermelho (CV), facção criminosa, que disputa o comando do tráfico de drogas no estado com outros dois grupos criminosos, o Bonde dos 13 (B-13) e o Primeiro Comando da Capital (PCC), deixou claro que os bandidos não estão temendo as ações de segurança que vem sendo realizadas no Acre.

Na publicação, os supostos criminosos afirmam que as facções rivais estão derramando sangue de inocentes em represália ao comando do CV na maioria dos bairros, mas que estão preparados para a “guerra” quem vem sendo travada nas ruas dos bairros de Rio Branco e fazem um alerta, afirmando que se a organização estivesse revidando os ataques a capital acreana estaria vivendo um caos.

“Se a intenção do Comando Vermelho fosse fazer esses atos covardes pode ter certeza que o estado estava em um caos total, se nossa intenção fosse matar ou ferir inocentes como vocês estão fazendo o governador já tinha pedido ajuda ao órgão federal, exército, força nacional ou seja até ao presidente da república ele já tinha pedido socorro, porque com a nossa força e o poder que temos em nosso estado nos tínhamos feito 100 vezes mais do que vocês estão fazendo”, ameaçam.

Comentários

comentários