Cinismo de Edvaldo Magalhães e embate entre Duarte e Zen marcam 1ª sessão do ano

0
Diretor-presidente do Depasa, Edvaldo Magalhães



Cinismo sem precedentes

De um cinismo sem precedentes o discurso disfarçado de firmeza e intelectualidade feito pelo deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) durante a primeira sessão da nova legislatura realizada na última terça-feira (5).

Seria bom lembrar do passado

Edvaldo se travestir de paladino da moralidade e afirmar que não aceitará “prato feito” vindo do Executivo é tão ridículo quanto risível. Nos últimos anos, inclusive como deputado, Edvaldo não apenas aceitou “prato feito” como ajudou a fazer o prato colocando a capa de perfeição por cima de um governo sedimentado em desmandos e denúncias de desvios financeiros.

Baixe o tom, deputado

O comunista precisa baixar o tom. Já vai bem longe o tempo em que deputados do PT e PCdoB se arrogavam de donos da ética, da moral e saíam distribuindo gritos a aqueles que julgavam meros mortais.

Perdeu esse direito

Edvaldo perdeu o direito de bancar o moralista ao construir, defender e se beneficiar de um dos governos que deixou o Acre na lama da crise e da falta de alternativa.

Sandálias da humildade

Recomendo fortemente que o Neto, o chefe do cerimonial da Assembleia Legislativa do Acre, leve um par de sandálias da humildade e entregue a Edvaldo Magalhães para que ele use em solenidades e demais sessões. Esse salto alto dele não combina mais com a ocasião e nem com a solenidade do momento.

Ghelen Diniz

O líder do governo na Aleac, Ghelen Diniz (PP), parece perdido e deslocado em seu novo cargo. De crítico feroz a defensor, Ghelen precisa se achar e reencontrar o tom do discurso.

Versão ursinho carinhoso anos 90

Na primeira sessão, Ghelen Diniz, conhecido por sua acidez e dureza, parecia um ursinho carinhoso dos anos 90. Voz doce, jeito meigo. Ridículo. Pode devolver o Ghelen de antes.

Roberto Duarte e Daniel Zen

Já ficou claro na largada que o deputado Roberto Duarte Júnior (PMDB) será um orador firme e dos melhores. O breve embate dele com Daniel Zen (PT) foi o ápice da sessão de terça-feira (5).

Bons oradores

Esta atual legislatura da Aleac possui bons oradores, entre eles consta Edvaldo Magalhães, Daniel Zen, Roberto Duarte Júnior, Ghelen Diniz e Antônia Sales. São bons de debate e embate!

Saúde pública

Petistas que participaram da gestão de Tião Viana não têm o direito de criticar o suposto caos que está o Hospital de Urgência de Emergência de Rio Branco (Huerb), pois foi a gestão de Tião Viana que é acusada de deixar a saúde publica na UTI.

Manoel Moraes

O deputado Manoel Moraes (PSB) está afastado das atividades parlamentares por questões de saúde. O deputado se submeteu a uma cirurgia na última terça-feira (5). Desejamos o pronto restabelecimento do parlamentar.

Bom dia a todos



Comentários

comentários