A agonia de um líder: Tchê parece estar pagando os pecados cometidos na era PT

0

A agonia de Tchê

Um deputado Tchê (PDT) abatido e descabelado emergiu de uma das salas de reuniões da Aleac, às 21h, da noite de quinta-feira (19). Confuso diante das câmeras e telefones que gravavam as declarações dele, Tchê não dizia coisa com coisa. Uma hora dizia que deixaria a base, outra que estava pensando e em uma terceira dizia que precisa conversar mais com todos.

Sem poder de negociação

Após ver as exonerações da esposa e outros parentes publicadas na edição extra do Diário Oficial e se deparar com uma base de apoio ao governo completamente desnorteada, Tchê era a imagem da agonia, do desespero de quem não tem nada a oferecer à base de apoio ao governo, mas também não pode fugir da situação.

Diferente

Quem viu Tchê na Assembleia Legislativa do Acre ontem viu que nem de longe ele lembrava o Tchê que desfrutava com tranquilidade as benesses do poder em governos passados.

Incrédulo

Tchê se mostrou incrédulo, pois, segundo ele, Nicolau Junior, Luiz Gonzaga e ele próprio conversaram pessoalmente com o governador Gladson Cameli (PP) no dia da votação dos vetos e o chefe do Executivo autorizou à Aleac a derrubada deles e, portanto, nada justifica retaliar os deputados.

Tudo é possível

Luiz Carlos Moreira Jorge, o experiente jornalista político, tem razão em dizer que em política tudo é possível, até vaca voar. Nunca imaginei ver um Rocha conciliador como estava ontem como governador em exercício. Logo ele que era o incendiário das discussões quando foi parlamentar.

Gladson não irá reverter a situação

Gladson Cameli afirmou à imprensa que não irá anular as exonerações. É esperar para ver como o Legislativo reage. Se fica na lona ou se parte para o contra-ataque.

Ninguém governa sem o Legislativo

Duas coisas precisam ser ditas: os deputados são aliados de Gladson, ajudaram-o a se eleger, sendo, portanto, natural que ocupem espaço no governo, e ninguém governa sem o Legislativo.

Bom dia a todos

Comentários

comentários