Senado aprova porte de arma para agentes de trânsito em todo o Brasil

Proposta, que segue para sanção presidencial, altera o Estatuto do Desarmamento

0

O plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira, 27, um projeto de lei que permite o porte de arma de fogo em serviço por agentes de trânsito federais, estaduais e municipais que não sejam policiais.

A mesma permissão vale para guardas-civis que assumirem funções nessa área. O projeto altera o Estatuto do Desarmamento, de 2003, e segue agora para a sanção do presidente Michel Temer.

O projeto, de autoria do ex-deputado federal Tadeu Filippelli (PMDB-DF), estabelece exigências para o porte de arma de fogo pelos agentes de trânsito. Uma delas é a comprovação de capacidade técnica e aptidão.

Estadão

Comentários

comentários