Sem dinheiro para servidores, governo do Acre abre as portas para bancos darem financiamentos

0

Se o Estado do Acre estourou todos os limites prudenciais e praticamente não tem mais de onde tirar dinheiro, com um grande endividamento público, a solução pode estar no endividamento do servidor para tentar dar algum fôlego para a combalida economia do estado. Nessa linha, a Secretaria de Estado da Gestão Administrativa (SGA) assinou um convênio com banco privado para os descontos em folha dos empréstimos feitos pelos servidores.

Nesta quinta-feira (2) a SGA divulgou o Extrato do Convênio Nº 005/2018 (PA Nº 0006562-1/2018), onde o Estado do Acre e o Banco Daycoval S/A estabelecem as condições para consignação facultativa em folha de pagamento.

As operações de créditos (empréstimos e financiamentos), realizados por servidores públicos estaduais junto ao banco vão então ser descontadas diretamente nos pagamentos dos trabalhadores. Para o governo a medida não vai representar.

Para o deputado estadual Luiz Gonzaga (PSDB), o Estado deveria se ocupar da gestão correta das contas públicas e não tentar ficar usando destes subterfúgios para injetar recursos na economia local. “Não pode simplesmente terceirizar os problemas”, comentou.

Comentários

comentários