Bolívia restringe passagem de carros e motos durante a madrugada na fronteira com o Acre

0

O Comando da Polícia do Departamento de Pando (Bolívia) emitiu uma nota na quarta-feira (16), nas redes sociais, informando que a partir de sexta-feira (18) acontecerão fiscalizações mais rigorosas para brasileiros e bolivianos que pretendem entrar ou sair da Bolívia no horário das 00h às 6h da manhã. A medida serve para toda a faixa de fronteira da Bolívia com o Brasil e Peru.

De acordo com o comunicado, as pontes da Amizade, Internacional, Mapajo, Porto Evo e 1° de Maio terão os tráfegos de veículos suspensos forçando os populares realizarem a travessia caminhando e não mais via carro ou motocicleta como é feito livremente hoje.

O objetivo central das restrições é prevenir o tráfico de drogas e de pessoas, ações de organizações criminosas, roubo de veículos e da prática do contrabando. Conforme o comunicado, quem manifestar interesse de sair ou entrar no país faz necessário portar documentos válidos correndo risco de o ter acesso negado pelas autoridades.

Apesar da proibição, a força policial daquele país não informou se a medida valeria também para taxistas e mototaxistas que trabalham na localidade.

O departamento de segurança boliviana disse que as fiscalizações recebem apoio da polícia brasileira e que a restrição será válida também aos municípios brasileiros que fazem fronteira (Assis Brasil, Brasiléia, Epitaciolândia, Capixaba e Plácido de Castro), ou seja, toda a área de fronteira principalmente com o Brasil por meio do Acre.

Comentários

comentários