sábado, setembro 18, 2021
34.3 C
Rio Branco
sábado 18 setembro 2021

Governo vai entregar obra do Museu dos Povos Acreanos em novembro

POR Agência de Notícias do Acre

As obras de revitalização do antigo prédio do Colégio Meta, que abrigará o futuro Museu dos Povos Acreanos, foram retomadas em julho pelo governo do Estado, por meio da Secretaria de Infraestrutura e Desenvolvimento (Seinfra). A reforma conta com recursos do Banco Mundial, orçada no valor de R$ 34 milhões, e incluem toda a parte de mobília e os equipamentos tecnológicos e interativos. A instituição irá abrigar acervos importantes sobre a história e cultura do Acre.

De acordo com o gestor da Seinfra, Cirleudo Alencar, as obras sofreram um atraso devido à falta de definição dos equipamentos para licitação. “Ficou mantida a instalação do museu que será muito importante para a preservação da cultura e história do nosso estado. A conclusão da obra está prevista para novembro deste ano”, destacou.

Além da Seinfra, que é responsável pela fiscalização da execução das obras, a Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (SEE) e a Fundação Elias Mansour (FEM) também participam dos preparativos para a instalação e funcionamento do museu, que irá contar com um espaço, no primeiro pavimento, para o Café Mirante.

O prédio do futuro Museu dos Povos Acreanos faz parte da história do estado, visto que o edifício foi construído na década de 1960 e abrigou o Colégio dos Padres, e depois o Colégio Meta. O prédio é protegido pela lei 1294/99, que criou o Fundo de Pesquisa e Preservação do Patrimônio Cultural do Acre, que constitui e integra todo o conjunto de bens móveis e imóveis, materiais e imateriais existentes no âmbito de seu território, cujo conteúdo e significado se encontram vinculados à formação da consciência histórica, social e cultural da população acreana.

Conforme a lei, o museu vai abrigar itens caracterizados como históricos, arqueológicos, paleontológicos, etnográficos, linguísticos, folclóricos, urbanísticos, arquitetônicos, artísticos, bibliográficos, cinematográficos, videográficos e audiofônicos que foram e são relevantes para o desenvolvimento sociocultural e para a preservação da identidade regional acreana.

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img