Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Destaque

Ao espalhar fake news e ser grossa com eleitores, Marfisa Galvão mostra despreparo como vice-prefeita

Coluna da Gina

Publicado

on

Despreparo

Impressionante o despreparo da vice-prefeita de Rio Branco, Marfisa Galvão. Ela não tem a postura mínima para ocupar um cargo tão importante.

Fake news

Ao espalhar fake news, a suposta carta dos empresários sobre uma rebelião contra as medidas sanitárias e de saúde, Marfisa não apenas foi infantil como também cometeu crime de responsabilidade.

Não poderia

Marfisa como autoridade não poderia jamais cometer um ato que leva prejuízos às pessoas.

Crime

Vale lembrar que essa questão de fake news é tão séria que na ausência de uma legislação específica que defina como crime a produção e o compartilhamento de fake news no cenário de pandemia do novo coronavírus e de ameaças à saúde coletiva, autoridades passaram a enquadrar casos à Lei de Contravenções Penais, de 1941, numa tentativa de coibir a disseminação de notícias falsas relacionadas à Covid-19.

Não se deu conta

Marfisa ainda não se deu conta do cargo que ocupa. Não sabe lidar com críticas. “Chora, bebê”, foi a resposta dela a uma crítica de um internauta. Esse é o nível. Sem contar que ninguém esqueceu a brincadeira dela do “Titanic” enquanto centenas de pessoas perdiam seus únicos bens na enchente.

O buraco do Boca

Aliás, a gestão Bocalom vai de mal a pior. Pouca gente entendeu porque a prefeitura abriu um buraco na avenida Ceará, e depois fechou o buraco apenas para aglomerar meia dúzia de pessoas na inauguração do buraco reformado.

Rejeição

Impressionante a rejeição que os produtores têm a Nanê Junqueira, nome indicado pelo senador Márcio Bittar para assumir a Secretaria de Produção e Agronegócio do Acre.

Fazendo justiça

Aliás, falando em Nenê Junqueira, ontem eu cometi uma injustiça ao compará-lo com Adelaide de Fátima. Apesar de ambos terem sido ligados à FIEAC, Adelaide nunca teve tal rejeição e não se aliava ao presidente da federação.

MDB dividido

O MDB está duvido. Flaviano, presidente estadual, quer apoiar Gladson Cameli. Já o presidente da executiva de Rio Branco, Roberto Duarte, diz que não será base do governo na Aleac.

Flaviano

Não é preciso bola de cristal para saber quem irá ganhar o duelo. Flaviano que é dono do MDB desde que a Arca de Noé atracou em solo será o vencedor.

Roberto Duarte

Resta saber se Duarte se submeterá ou procurará outro partido.

Bom dia a todos

Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas