Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Adriano Gonçalves

Brasil atinge a marca de 6,1 milhões de pessoas imunizadas

Adriano Goncalves

Publicado

on

O Brasil superou hoje (24) a marca dos 6,1 milhões de pessoas imunizadas ao menos com a primeira dose das vacinas contra a covid-19. Ainda assim, o número corresponde a apenas 2,92% da população brasileira (dados divulgados pelas secretarias estaduais de saúde). Nas últimas 24 horas, 92.089 pessoas receberam a primeira dose da vacina, com isso o país imunizou 6.179.900 brasileiros neste primeiro momento.

NÚMERO DE ÓBITOS

No mesmo dia em que o Brasil superou a marca dos 250 mil mortos pela covid-19, a média móvel de óbitos bateu um novo recorde: 1.129 pessoas morreram em média nos últimos sete dias, o maior número desde o início da pandemia no país (dados fornecidos pelas secretarias estaduais de saúde). Foram registradas 1.433 novas mortes nas últimas 24 horas. Com isso o país atingiu 250.079 óbitos no total, o segundo país no mundo a registrar o maior número de mortos pela covid, atrás apenas dos Estados Unidos com 504.738, segundo dados da Universidade Johns Hopkins.

SEGUNDA DOSE

Já a segunda dose foi aplicada em 154.951 habitantes do país de ontem para hoje. Sendo assim, 1.584.569 brasileiros foram completamente imunizados contra a doença, o que representa 0,75% da população. Ontem e hoje foram registrados números maiores de pessoas recebendo a segunda dose das vacinas do que a primeira. Alguns estados brasileiros vêm tendo problemas com a continuidade da vacinação devido à falta dos imunizantes, e capitais como Rio de Janeiro, Salvador e Cuiabá anunciaram a paralisação da primeira dose da vacinação. Já para a segunda dose, o Ministério da Saúde havia recomendado às cidades que reservassem metade dos imunizantes a fim de garantir a aplicação integral das vacinas.

O QUE FAZER

Ainda vivemos em um momento delicado com o avanço e as variantes do vírus. Ainda é tempo de conscientização geral da população, porque muitos acabam pagando por poucos. Manter o protocolo, é para contenção e para que de forma ordenada a economia não vá mais fundo do que já se encontra. O momento não permite extravagâncias, festinhas particulares, aglomeração em lugares públicos. Precisamos nos conscientizar de que juntos podemos desacelerar o avanço desse vírus e assim poupar milhares de vidas, de serem ceifadas. A decisão é sua…

ADRIANO GONÇALVES
Coach Ministerial – Personal Coaching – Especialista Mindset
(Academy of Business and Coaching) Associado IAC –International Associationof Coaching
Autor do livro: MINDSET; configure sua mente para o sucesso

Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas