Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Geral

Gerador do Into não funciona e quase 50 pacientes precisaram de ventilação artificial

Redação Folha do Acre

Publicado

on

A suspensão da energia elétrica na capital acreana, ocasionada após um imigrante venezuelano subir em uma torre de transmissão da Energisa Acre, provocou correria e muita preocupação aos funcionários para atender os pacientes internados no Instituto de Traumatologia e Ortopedia (Into) em Rio Branco.

De acordo com servidores de dentro do próprio hospital, com a falta de energia, os geradores não funcionaram e foi preciso usar um instrumento chamado de ‘Ambu’, aparelho usado para auxiliar na respiração artificial e reanimação cardiopulmonar.

Outro problema, segundo os servidores, foi que não havia equipamento para todos os pacientes internados nos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), que são 49, de acordo com o último boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre), mais os que estão na enfermaria e que também precisam do auxílio de oxigênio.

O relato é de que funcionários que estavam saindo da escala foram acionados para ajudar os pacientes internados. Felizmente, a energia voltou e a princípio não houve nenhuma complicação clínica para os pacientes.

O ac24horas procurou o médico Osvaldo Leal, diretor da unidade, que informou que a Sesacre deve emitir uma nota sobre a situação no Into.

Com informações do Ac24horas

Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas