Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Destaque

Com leitos de UTI no limite, sala de emergência do pronto-socorro de Rio Branco fica superlotada

Redação Folha do Acre

Publicado

on

Setor tem capacidade para atender 10 pacientes e nessa quinta-feira (4) estava com 17 pessoas. Direção informou que já na manhã desta sexta (5) local estava com 14 pacientes. PS tem 20 leitos de UTI no total, sendo 10 destinados aos pacientes com Covid-19.

Com os leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) das unidades de saúde da capital no limite de ocupação, a sala de emergência do pronto-socorro de Rio Branco tem ficado lotada nas últimas semanas. O local, que tem capacidade para atender 10 paciente, estava com 17 nessa quinta-feira (4), segundo confirmou a direção.

Em entrevista ao Bom Dia Acre, o diretor do hospital, Areski Peniche, informou que a unidade atende a todos os tipos de pacientes, desde aqueles com sintomas de Covid-19, até os que chegam com problema de pressão, diabetes e outras comorbidades. Segundo ele, mesmo que esteja já com a sala lotada, a unidade não tem como se negar a receber os que chegam precisando de atendimento.

Ele explicou que a sala de emergência é um ambiente “dinâmico” e que na manhã desta sexta (5), o setor estava com 14 pacientes, uma vez que os demais foram encaminhados para outra unidade ou setor para dar continuidade ao tratamento.

Fotos enviadas à Rede Amazônica mostram pacientes por toda parte na sala de emergência, sendo uns bem próximos aos outros. Questionado sobre a possibilidade de estarem pacientes com Covid-19 juntos com os demais, o diretor informou que todos que dão entrada na unidade são suspeitos de Covid-19 e passam por testagem.

“A capacidade da sala de emergência é fazer atendimento de 10 pessoas simultaneamente sem nenhum tipo de estrangulamento do serviço. Nas últimas semanas temos tido um aumento por volta de 14 a 15 pacientes no setor diariamente. Isso demonstra que a sociedade tem sofrido, todo paciente que dá entrada no PS, independentemente de qualquer coisa, ele é um paciente suspeito de Covid, então eles são testados, se o resultado do exame der positivo, ele é encaminhado para UTI no Into ou para clínica médica especializada em atendimento Covid, se der negativo, ele é referenciado para outras unidades”, informou o diretor.

O pronto-socorro, segundo Peniche, tem 20 leitos de UTI, sendo que desses 10 são destinados a pacientes com Covid-19.

“E temos leitos comuns para pacientes não Covid e esses leitos estavam todos ocupados, então a gente busca fora da unidade, na Fundação Hospitalar, no Santa Juliana, leitos de UTI, mas isso é disponibilizado para nós através da Central de Regulação estadual. Dos leitos destinados a Covid, seis estão disponíveis neste momento, por isso são atendidos casos restritos e os demais são encaminhados para o Into”, afirmou.

Leitos do hospital de campanha

Do total de 45 leitos de UTI do Instituto de Tomografia e Ortopedia (Into-AC), unidade referência para atendimento de Covid-19 na capital acreana, 42 estavam ocupados, o que representa 93,3% de taxa de ocupação. Os dados foram divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde no boletim de assistência dessa quinta (4).

Os casos de Covid-19 continuam subindo no Acre e chegaram a 49.944 nessa quinta. O número de mortes causadas pela doença também subiu para 882.

Dos 75 leitos de UTI nos hospitais da rede SUS disponibilizados, 63 estão ocupados, fazendo a taxa de ocupação na UTI ficar em 84%. Os leitos de UTI estão concentrados em Rio Branco, com 55 vagas, e Cruzeiro do Sul, com 20.

G1

Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas