Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Cotidiano

Rio Acre segue subindo e está a pouco mais de 2 metros da cota de alerta em Rio Branco

Kenedi Rodigues

Publicado

on

O Rio Acre continua apresentando subida em Rio Branco e está a pouco mais de dois metros da cota de alerta, que é de 13,50 metros. O manancial marcou 11,40 metros na medição das 6h deste sábado (2), após o registro de 13,4 milímetros de chuva.

Para definir o planejamento estratégico para o caso de uma alagação na capital, o novo prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom (PP), se reuniu com a Defesa Civil Municipal neste sábado. Segundo ele, a previsão é que o abrigo deve começar a ser montado nos próximos cinco dias.

“Toda enchente é um problema seríssimo para as famílias que moram em áreas alagadiças e a gente quer diminuir essas dificuldades e sofrimento. Nossa gestão já entra evidentemente com esse problema, mas quem casa com a viúva assume os filhos. Nossa equipe já está se movimento há três dias sob o comando da Defesa Civil Municipal e tenho certeza absoluta que a gente vai fazer o que foi possível para diminuir o sofrimento do povo que mora nessas áreas. Acredito que dentro de quatro a cinco dias a gente esteja já iniciando a construção desses abrigos”, afirmou o prefeito.

Prefeito e Defesa Civil Municipal se reuniram neste sábado (2) para definir o planejamento estratégico para o caso de uma alagação — Foto: Ana Paula Xavier/Rede Amazônica
Prefeito e Defesa Civil Municipal se reuniram neste sábado (2) para definir o planejamento estratégico para o caso de uma alagação — Foto: Ana Paula Xavier/Rede Amazônica

O coordenador da Defesa Civil Municipal, major Cláudio Falcão, afirmou que a previsão é de chuvas para praticamente todo o mês de janeiro.

Além disso, segundo Falcão, existe a possibilidade de, nos próximos dias, o Rio Acre ultrapassar os 12 metros, que é a cota de atenção máxima, quando as ações do plano de contingência precisam começar a ser colocadas em prática.

“Nesse momento, todas as secretarias municipais envolvidas diretamente com uma possível inundação estão se reunindo, sob a coordenação da Casa Civil e da Defesa Civil Municipal para traçar as ações e metas que precisamos fazer para minimizar os danos que, por ventura, venham a acontecer em decorrência de uma inundação”, afirmou Falcão.

Rio Acre no interior
Com as chuvas no interior do estado, o nível do Rio Acre também tem apresentado aumento em algumas cidades. É o caso de Brasileia, que em 24 horas teve um aumento de 2,69 metros, saindo de 4,11 metros nessa sexta-feira (1) para 6,80 metros neste sábado.

Além das chuvas, a explicação para essa subida expressiva é que em Assis Brasil o Rio Acre, que tinha subido quase cinco metros entre quinta (31) e sexta (1), apresentou uma vazante de quase 3 metros nas últimas 24 horas e neste sábado marcou 5,27 metros.

Em Xapuri, o rio também apresentou uma leve vazante de pouco mais de um metro nas últimas 24 horas e marcou 6,66 metros neste sábado, segundo os dados da Defesa Civil. Já o Riozinho do Rôla, um dos principais afluentes do Rio Acre, teve um aumento de 38 centímetros e registrou 8,01 metros.

G1 AC

Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas