Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Geral

Com aumento do gás, carne e arroz, cesta básica chega a consumir 77% do salário dos acreanos

Redação Folha do Acre

Publicado

on

Uma pesquisa divulgada pelo site Ac24horas mostra o aumento abusivo no preço de itens básicos da mesa dos acreanos. Segundo dados divulgados pelo IBGE, Rio Branco ficou em quarto lugar entre as capitais com maior inflação no mês de agosto.

Os grandes vilões da inflação na capital acreana foram os preços do tomate (12,98%), do leite longa vida (4,84%), das frutas (3,37%) e das carnes (3,33%). A carne, inclusive, para os consumidores, teve elevação de apenas 3,33% na pesquisa, bem abaixo do que é sentido na prática.

Outro item que teve um aumento considerado foi o óleo de cozinha, que passou de R$ 4 reais para R$ 6 nos últimos dias nos supermercados de Rio Branco.

A carne também teve aumento. O quilo do coxão mole, carne muito usada para bifes, passou de R$ 23 reais para R$ 30 nos açougues e casa de carnes da cidade.

Mas o aumento do alimento que mais preocupa é o do arroz. Um saco de 5kg, que antes custava R$ 17 reais passou para R$ 23.

Segundo a pesquisa realizada pelo site, uma compra com arroz, feijão, macarrão, açúcar, carne bovina, frango, manteiga, pão, farinha de mandioca, óleo de cozinha, café, pão, batata, tomate, banana e leite de caixinha pode custar até R$ 800 reais, comprometendo 77% de um salário mínimo, que é de R$ 1.045.

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas