Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Política

Padre pede desculpa ao Papa após vereador de Rio Branco espalhar fake news sobre fim da Bíblia

Redação Folha do Acre

Publicado

on

O padre Massimo Lombardi, da diocese de Rio Branco, rebateu o vereador da capital acreana N. Lima, que afirmou em sessão na Câmara que o Papa Francisco estuda a possibilidade de cancelar o uso da atual Bíblia para passar a usar um novo livro do cristianismo.

“Eu vi aqui que o Papa Francisco falando que vai cancelar a Bíblia Sagrada, escrita a milhões de anos. Aí eu fiquei pensando: é a hora do anticristo? Achei uma coisa de outro mundo. Anos e anos que a população do mundo inteiro vem seguindo a Bíblia”, diz.

N. Lima se baseou em publicações falsa, as fake news, para fazer seu desabafo na sessão.

“Estou muito revoltado com esse tipo de atitude do Papa Francisco. Espero que a população mundial faça sua representação real, as igrejas evangélicas, que se consideram a igreja de Deus, que se manifestem. Que os padres e bispos que vão para essa reunião falem e não permitam isso”, disse Lima.

Em resposta ao vereador, o padre Massimo lamentou a falta de informação do parlamentar que é um representante do povo rio-branquense. Lombardi pediu desculpas ao Papa Francisco pela “mancada” de N. Lima.

“DESCULPE FRANCISCO se um vereador do Acre deu uma mancada tão feia hoje. Nós não acreditamos em FAKE NEWS e ficamos envergonhados por estarmos mal representados neste Município. Pedimos sua benção pelo que nos preocupa mais, que é a pandemia”, diz o religioso.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas