quinta-feira, outubro 21, 2021
33.3 C
Rio Branco
quinta-feira 21 outubro 2021

Governo recebe insumos de Goiânia para UTI Covid e enfermarias do Into-AC

POR

Carregamento de 1,8 tonelada chegou a Rio Branco nesta quarta-feira; outro desembarcará nesta quinta-feira

O Governo do Estado do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre) recebeu quase duas toneladas de macacões, toucas, luvas, além de máscaras, escudos plásticos para o rosto, antibióticos e seringas, na tarde desta quarta-feira, 29, provenientes de Goiânia, em um avião Bandeirante fretado pelo próprio estado. Na manhã desta quinta, 30, outra aeronave do mesmo modelo decolou de Rio Branco para a capital goiana, para buscar um segundo carregamento.

Os insumos, 1,8 tonelada neste primeiro voo, fazem parte da estratégia de funcionamento do Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Acre, o Into-AC, que deverá abrir gradualmente, à medida que for aumentando a demanda por leitos de unidades de terapia intensiva (UTIs) e enfermarias destinadas a pessoas contaminadas pelo coronavírus. Inicialmente, serão 11 UTIs e 46 enfermarias.

A unidade será administrada pela empresa Medial, contratada emergencialmente pela Sesacre para o gerenciamento de leitos de UTI do Into. O processo está em fase de finalização e deve ser publicado no Diário Oficial do Estado do Acre nos próximos dias.

“No Brasil, todos os leitos de campanha estão sendo feitos neste formato, com contratações em caráter de urgência por conta da pandemia de Covid-19”, explica a assessora jurídica da Sesacre, Virgínia Medim.

De acordo com o secretário de Saúde, Alysson Bestene, o reforço no atendimento acontece diante do crescimento da curva epidemiológica. “Esses especialistas chegam num momento em que a curva de casos vem aumentando. A equipe de médicos passa a dar suporte às equipes locais, permitindo que possamos administrar melhor o fluxo de pacientes com Covid-19, que vem aumentando no estado”, ressalta o secretário de Saúde.

O objetivo é ampliar o corpo de médicos, enfermeiros e técnicos, com a chegada a Rio Branco de uma equipe multiprofissional contratada para auxiliar no tratamento de pacientes com a doença.

“O que estamos trazendo hoje são insumos para a equipe. A ideia é que abastecemos o Into com os equipamentos de proteção individual e com medicamentos antes da abertura das unidades”, explica o médico Ilson Lara, responsável pela equipe médica da Medial que atuará no Acre. Lara veio no mesmo voo e ficará em Rio Branco para organizar a abertura da unidade.

A Medial tem larga experiência em logística hospitalar e no gerenciamento de profissionais de saúde. Já construiu, por exemplo, hospitais de campanhas no Amazonas, em Goiás e no Tocantins, exclusivos para pacientes contaminados.

Secom

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img