Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Principal

Via Verde Shopping fica vazio; lojistas pedem desconto em aluguel para não quebrar

Redação Folha do Acre

Publicado

on

Lojistas já analisam demitir funcionários caso o shopping não baixe os valores do aluguel neste período de pandemia do coronavírus

A diminuição da circulação de pessoas, provocada pela pandemia de coronavírus Covid-19, já é sentida pelos lojistas no Via Verde Shopping, em Rio Branco.

Na terça-feira (18), quando foi confirmado os três primeiros casos do novo coronavírus em Rio Branco, o fluxo no shopping da capital acreana caiu em torno de 70%, segundo informações preliminares obtidas pela Folha do Acre.

A direção do Via Verde Shopping emitiu um comunicado ao lojistas de que o horário de atendimento será reduzido e aglomerações de pessoas serão proibidas dentro do estabelecimento por tempo indeterminado.

“A partir do dia 19 de março o horário de funcionamento do Via Verde Shopping será das 12h às 20h. Adiamos eventos e ações que possam vir a aglomerar pessoas no shopping por um prazo indeterminado; manter um espaço seguro entre os consumidores na praça de alimentação”, diz comunicado.

Um dos lojistas do Via Verde Shopping, Jonatas Reis, conversou com a reportagem da Folha do Acre e afirmou que os comerciantes terão uma reunião com a direção do shopping nesta quarta-feira, onde será sugerido a redução do aluguel e outras medidas para evitar o prejuízo coletivo.

“Teremos uma reunião com a direção para tratar sobre o pedido de desconto no aluguel já que o fluxo caiu cerca de 70% já na terça-feira. Alguns terão que demitir funcionários por que diminuiu o fluxo. Vamos pedir para baixar o valor do aluguel ou até mesmo cobrar somente pelos dias que foram bons de venda. Ou então a única maneira será fechar as lojas se o shopping não ajudar”, diz Reis.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas