Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Cotidiano

Primeiro dia do Feirão do Desapego atrai grande público ao estacionamento do Teatrão

Redação Folha do Acre

Publicado

on

Visando movimentar a economia, gerar renda a autônomos, empreendedores, lojistas e ambulantes de Rio Branco, o primeiro dia de Feirão do Desapego movimentou o estacionamento do Teatro Plácido de Castro no início da noite desta sexta-feira, 6. O Feirão é uma iniciativa do Governo do Estado, realizado pela Secretaria de Estado de Empreendedorismo e Turismo, em parceria com a Junta Comercial da capital.

O evento vai até este domingo, 8 de março, quando se comemora o Dia Internacional da Mulher. O espaço conta com uma praça de alimentação, brinquedos infláveis para a distração da criançada, entretenimento com música ao vivo e um grande espaço direcionado para venda ou troca de produtos em bom estado, entre eles, eletroeletrônicos, roupas, calçados, acessórios e produtos de jardinagem.

“Nossa expectativa já foi superada nesse primeiro dia, muita gente olhando, comprando, passando pela feira, uma rotatividade boa. No domingo, em homenagem à mulher, teremos um dia especial no Feirão para encerrarmos com chave de outro esse evento que, pra nós, tem o objetivo de movimentar a economia, desenvolver os pequenos negócios e fazer o dinheiro circular”, destacou a secretária de Empreendedorismo, Eliane Sinhasique.

Há um ano morando no Acre, o professor Flávio da Conceição e o parceiro, Luiz Moura, foram dois dos empreendedores que se inscreveram para participar do Feirão. Eles vendem confecções étnicas e estão bastante entusiasmados com o evento.

“Nos ficamos sabendo do Feirão através do jornal e imediatamente nos inscrevemos para estarmos aqui e graças a Deus, logo no primeiro dia, parece que está dando muito certo, mal começou e já tem muita gente comprando. Viemos de fora e percebemos que aqui não havia uma variedade de roupas étnicas e resolvemos montar este empreendimento”, comentou Flávio da Conceição.

Quem também se inscreveu pra participar da Feira foi a Euducelia Gerônimo. Ela trabalha há 10 anos no ramo da alimentação e tem seu espaço montado junto a economia solidária, aberto todos os dias no Mercado Velho, no centro de Rio Branco. Entre as comidas típicas, ela vende pirarucu à casaca, picanha com fritas, carne de sol, bobó de camarão e suco natural.

“Penso que para nós é uma grande oportunidade para vender e ganhar um dinheirinho a mais. Sempre que tem evento assim a gente participa e só tenho a agradecer ao Governo do Estado por pensar na gente. Esperamos vender bastante até domingo, hoje já foi sucesso”, disse Euducelia.

Secom

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas