Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Polícia

Acusado de matar ex-esposa com 22 facadas é condenado a 26 anos de prisão

Redação Folha do Acre

Publicado

on

Acatando a tese do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), o Juízo do Tribunal do Júri condenou Juscelino Damasceno pela morte, com arma branca, de sua ex-companheira Rosangela da Silva Oliveira. O crime ocorreu em 29 de julho de 2019, na BR 364, Km 17, sentido Tarauacá/Cruzeiro do Sul.

Juscelino Damasceno da Silva foi condenado a 26 anos e sete meses de reclusão, pelo crime de homicídio qualificado por motivo torpe, valendo-se de recurso que dificultou a defesa da vítima, além de feminicídio.

O julgamento aconteceu no último dia 2 e teve a atuação da promotora de Justiça Manuela Canuto de Sanatna Farhat. Na denúncia oferecida pelo MPAC, consta que o acusado e a vítima conviveram maritalmente por aproximadamente cinco anos e tinham dois filhos. Por não aceitar o fim do relacionamento, o homem se apoderou de uma arma branca, tipo terçado, e desferiu diversos golpes no corpo da vítima.

Segundo a promotora, “o crime em questão causou grande repercussão neste município de Tarauacá, haja vista a crueldade em que o autor ceifou a vida de sua ex-companheira, que se deslocava a Escola 15 de Junho, na ocasião em que foi abordada”.

A promotora ressalta ainda que considerou a condenação um passo importante no combate ao feminicídio. “Os jurados de Tarauacá demonstraram mais uma vez que compreendem a gravidade dos crimes praticados em contexto da violência doméstica e que não aceitarão atos de covardia como os praticados contra Rosangela”, afirmou.

O julgamento faz parte da “Semana Justiça pela Paz em Casa”, referente à programação do Poder Judiciário como uma das principais ações de combate à violência doméstica e resultado rápido às partes processuais em decorrência de mutirões de audiências que são promovidos para julgar somente casos dessa natureza.

Ascom MPE

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas