Raimundinho da Saúde ‘pula do barco’ da FPA e deve ir para o PSD do Petecão

0

O deputado estadual Raimundinho da Saúde, que nos últimos meses se tornou uma verdadeira pedra no sapato do governador Tião Viana (PT), pode estar de saída das fileiras da Frente Popular, onde deixaria o Podemos para ingressar no PSD, partido que compõem o bloco de oposição no estado, comandado pelo Senador Sérgio Petecão.

O convite foi feito ao parlamentar estadual no último final de semana pelo próprio Petecão. Por telefone, o senador que se encontra em Brasília, confirmou o convite feito a Raimundinho, enfatizando que o deputado não teria lhe dado nenhuma resposta, ainda.

“O Raimundinho é um amigo pessoal, tem peso e capital político e agrega muito a qualquer partido que for. Fiz o convite pessoalmente, mas ele não me deu nenhuma resposta, nem disse que sim e nem disse que não”, declarou Petecão.

Por sua vez, Raimundinho da Saúde, que falou com a reportagem por telefone, disse que estar quase tudo certo para deixar o Podemos e a Frente Popular e se filiar ao PSD de Petecão. O deputado disse, também, que se permanecer na base do governo não se ver obrigado a apoiar e nem pedir votos para o candidato a reeleição ao senado, o petista Jorge Viana.

“Rapaz, com essa confusão aí, você deve estar acompanhando, eu estou aguardando a qualquer momento ser expulso da Frente Popular, estou analisando, mas não descartei nada. Essa questão do Petecão é uma questão diferente, o Jorge Viana nunca me chamou para uma conversa, estou com muito tempo na Frente Popular e em oito anos de mandato, o Jorge Viana nunca me chamou para conversar, nem comigo e nem com meu irmão (Railson Correa), que é vereador, nunca pediu meu apoio. Quanto ao apoio ao Ney (Amorim), esse está garantido, está tudo certo. Não é porque estou na Frente Popular que sou obrigado a votar e nem pedir voto para o Jorge Viana não. A conversa tá bem adianta, tá quase certo já!”, enfatizou Raimundinho.

Caso deixe o Podemos e se filie ao PSD, Raimundinho da Saúde pode levar também o seu irmão, o vereador Railson Correa, que faz parte da base de sustentação do prefeito na Câmara de Vereadores.

Comentários

comentários