Policiais acreanos são xingados por deputados federais por serem contrários à reforma da Previdência

0
Policiais civis do Acre foram xingados por deputados de SP e MG, no WhatsApp

A diretoria do Sindicato dos Policiais Civis do Estado do Acre (Sinpol/Ac) divulgou na noite de quinta-feira (14) nota de repúdio aos deputados federais Aelton Freitas (PR/MG), Beto Mansur (PRB/SP) e Fausto Pinato (PRB/SP), que ofenderam policiais civis do Estado Acre, após receberem mensagens de texto contrárias à reforma da Previdência, por meio do aplicativo WhatsApp.

Confira a nota:

Nota de Repúdio

O Sindicato dos Policiais Civis do Estado do Acre, por meio de sua diretoria, vem a público externar o seu repúdio a postura dos Deputados Federais Aelton Freitas – PR/MG, Beto Mansur – PRB/SP e Fausto Pinato – PRB/SP, que após receberem mensagem de texto contrária a Reforma da Previdência, ofenderam, de forma covarde, Policiais Civis do Estado do Acre, os quais, nada fizeram, além de atender a um chamado deste Sindicato em mandar mensagem, via aplicativo de texto (WhatsApp), para dezenas de deputados federais, pedindo que nossos congressistas fossem contrários a PEC da Reforma da Previdência e alertando que “Deputado que vota a favor da Reforma da Previdência, não volta!”, ou seja, não será reeleito.

A indignação é enorme, pois aqueles Deputados representam o povo brasileiro em nosso Congresso Nacional; são pessoas que, sem nenhum respeito ou espírito republicano, ofendem o trabalhador brasileiro, empregando o que há de pior no ser humano, que é a falta de respeito e sua ira.

Nós, policiais civis do Estado do Acre e demais funcionários públicos do Brasil não aceitaremos este tipo de postura de quem quer que seja, quanto mais de pessoas que estão no Congresso Nacional, às custas e a mando do povo brasileiro.

Não vamos ofendê-los senhores Deputados Aelton Freitas – PR/MG, Beto Mansur – PRB/SP e Fausto Pinato – PRB/SP, não vamos usar aqui as palavras de baixo calão ditas por “Vossas Excelências”, mas vamos repetir: Deputado que vota a favor da Reforma da Previdência, não volta!

O papel dos senhores é legislar em prol de uma sociedade justa e perfeita; é ouvir opiniões contrárias e saber lidar com elas; é tornar nosso Brasil um país melhor de se viver; é combater os privilégios, os retirando daqueles que realmente os têm, tornando o Brasil um país mais igualitário.

Um parlamentar deve saber se expressar, saber convencer por meio das palavras, mas nunca proferir ofensas a quem quer que seja, pois não é para isso que o povo brasileiro os paga; não é para isso que o povo mantém vossos privilégios.

Nunca iremos nos calar, nem ter medo de pessoas indignas como os senhores. Vocês, que destrataram cidadãos de bem, saibam que o nosso dever, como policiais, é o de combater a injustiça e assim faremos. Vamos mostrar para os senhores que o DEPUTADO QUE VOTA

A FAVOR DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA, NÃO VOLTA!
A Diretoria

Comentários

comentários