Você já tomou sua decisão hoje? Qual foi a decisão mais difícil que você já tomou?

0

Cada um de nós é dotado de recursos que nos permitem alcançar tudo que já sonhamos -e mais ainda. As comportas podem ser abertas por meio de uma decisão, trazendo-nos alegria ou tristeza, prosperidade ou pobreza, companheirismo ou solidão, vida longa ou morte precoce. Frequentemente a sua realidade é criada e determinada pela sua mente. Se você permanecer fortemente correlacionado com os seus sonhos, projetos ou desejos, então eles se concretizarão mais eficazmente na sua realidade.

As palavras têm poder.

Sim, você já ouviu isso muitas vezes, mas sabe cientificamente por que é verdade? Nós somos feitos ao mesmo tempo de partículas e de energia. Partículas são pedacinhos quase invisíveis de matéria e formam o seu corpo, incluindo a massa cinzenta. Energia são ondas eletromagnéticas invisíveis que você projeta com seus pensamentos e emoções, e é o que acontece dentro da massa cinzenta.

As partículas estão presas na forma física das coisas, incluindo nós mesmos, e as ondas de energia atuam para além do corpo. Um exemplo são as experiências do japonês Masaru Emoto, que separou amostras de água em pequenos frascos e escreveu neles palavras como “amor”, “ódio”, “paz”, “serenidade”, “conflito”, “tristeza”, “alegria”.

Passados alguns dias, Emoto congelou rapidamente a água das amostras e examinou no microscópio os cristais formados pelas moléculas de água. As moléculas das amostras com palavras positivas apresentavam formas harmônicas e cores suaves, enquanto as amostras com palavras negativas apresentavam formas irregulares e uma coloração agressiva. Então, se algumas simples palavras escritas num frasco afetam tanto as moléculas da água, imagine o efeito das palavras e emoções que você vive repetindo ao longo do dia sobre o seu organismo, que é formado por mais de 70% de água.

Que decisões você tomou ou deixou de tomar no passado e influenciam fortemente sua vida hoje?

Jesus assegurou aos discípulos que o poder da fé seria capaz de “transportar montanhas” (Lc 17,5-6), do mesmo modo que ele se impôs diante de muitas situações complicadas, como “as ondas bravias do mar” (Mc 4,35-41 e par.). Jesus despertou a fé que permitia às pessoas reconhecerem-se como dignas e destinatárias da misericórdia e da compaixão de Deus. Assim, com a mulher hemorroíssa, aconteceu que, ao ver Jesus passar, sentiu sua oportunidade de sair da exclusão e recomeçar outra vez. Decidiu romper todos os preconceitos da religiosidade e da cultura da época e aproximar-se e tocar em Jesus tendo a certeza de sua mudança se assim o fizesse (Mc 5,25-34). Nesse episódio a religião fica em segundo plano e entram os conceitos de fé e física quântica: a autopoésis como novo padrão ético e religioso (Mazzarolo, “2013”, 124).

Na teologia de Paulo o que une todos os carismas que se manifestam de modos diferentes e exuberantes nas criaturas é o Espírito porque ele está presente em cada criatura e faz frutificar de modo diferente os dons que nela se encontram. O Espírito é que conecta a diversidade e a transforma em unidade. Segundo a física quântica, a rede, nas suas interligações, conecta todas as malhas e células.

A importância da distinção entre espiritualidade e religião é porque sem ela, qualquer ato ritualista ou devocional pode ser entendido como espiritualidade. A espiritualidade é um lastro cósmico, é a força do Espírito Santo como bem caracteriza Paulo no texto acima (1Cor 12,1-14). Paulo afirma que todos os dons estão conectados pelo mesmo e único Espírito, e com isso formam um só corpo. A espiritualidade procede do Espírito Santo e por isso Paulo usa a expressão pneymatikói (espirituais – Mazzarolo, 2013, 172). O pneymático está ligado ao espiritual, ao divino, ao transcendente, que diz respeito à alma.

Eu o desafio a tomar hoje mesmo uma decisão que possa mudar ou melhorar imediatamente a qualidade de sua vida.

Faça algo que vem adiando, apenas alguma habilidade nova, trate as pessoas com mais respeito e compaixão, ligue para alguém que não vê há anos.

O fracasso jamais me surpreenderá, se a minha decisão de vencer for suficientemente forte.
Camile Stéfani

Não esqueça de que todas as decisões têm consequências, mesmo não tomar decisão nenhuma é um tipo de decisão, no caso “omissão”.

“Quando você está negociando, ofereça o que você pode. Então, depois, volte e peça mais”
Francis Underwood

Sucesso,

ADRIANO GONÇALVES
Prosperity Coach

Comentários

comentários