24 julho 2024

Pai é preso ao agredir filho de 3 anos no shopping; conselheiro tutelar e advogada passavam no momento

Por Aikon Vitor, da Folha do Acre

Date:

Na noite desta terça-feira, um evento perturbador abalou o Via Verde Shopping, em Rio Branco. Um homem foi detido pela segurança do estabelecimento após agredir fisicamente seu próprio filho, de apenas 3 anos, dentro de uma loja de departamento.

Testemunhas relatam que a situação começou com um puxão de orelha na criança, que logo se transformou em uma série de agressões, enquanto o pai exigia silêncio do menino. O conselheiro tutelar Igor Ramon e uma advogada estavam presentes e testemunharam o ocorrido e chamaram a segurançam

A rápida intervenção da equipe de segurança do shopping foi fundamental para conter o agressor e garantir a segurança da criança e do mesmo, já que populares queriam linchar o agressor. O pai foi detido pela Polícia Militar e conduzido à delegacia, onde deverá responder pelo ato de violência. Medidas protetivas estão sendo solicitadas contra ele, especialmente considerando seu histórico de violência na lei Maria da Penha

Em nota oficial, o Via Verde Shopping reiterou seu compromisso com a segurança e o bem-estar de seus clientes, agradecendo a compreensão e colaboração durante o incidente.

Leia na íntegra:

O Via Verde Shopping vem por meio desta, esclarecer o incidente ocorrido nesta terça-feira, 11h, por volta das 19h onde um senhor identificado como P. S. foi flagrado gritando e agredindo fisicamente seu filho J.P de 3 anos, dentro das dependências do shopping.

O episódio foi prontamente testemunhado pelo conselheiro tutelar Igor Ramon e uma advogada, que passavam pelo local naquele momento. Demonstrando extrema responsabilidade e diligência, ambos solicitaram imediatamente a intervenção da segurança do shopping.

A equipe de segurança agiu em tempo hábil para garantir a segurança e o bem-estar da criança até a chegada da Polícia Militar, que se deu às 19h30.

Reiteramos nossa missão de proporcionar um ambiente seguro, acolhedor para todos. Desde já agradecemos a compreensão e colaboração dos presentes durante o incidente.

Últimas