19 junho 2024

Motorista é condenado a 16 anos de prisão por participação em assassinato em Rio Branco

Por Aikon Vitor, da Folha do Acre

Date:

O Tribunal de Justiça do Acre (TJ/AC) anunciou hoje que Wandason Silva da Cunha foi condenado a 16 anos e 8 meses de prisão em regime fechado pela 2ª Vara do Tribunal do Júri e Auditoria Militar da Comarca de Rio Branco. Ele foi denunciado por sua participação na execução do mecânico Adelino Eufrázio da Silva, de 67 anos, ocorrida em março de 2021.

Wandason da Cunha atuou como motorista do carro que levou os dois autores do crime até a residência da vítima, que foi invadida por dois criminosos na Rua Primavera, no Bairro Canaã, resultando na trágica morte de Adelino Eufrázio da Silva por disparos de arma de fogo.

Este desfecho segue outras condenações relacionadas ao caso, incluindo Saymo Sila de Farias e Pedro Barros Junior, apontados como executores, e Francisco Osório de Oliveira, considerado o mandante do crime. Em abril de 2022, Francisco Osório e Pedro Barros receberam penas de 25 anos de prisão cada, enquanto Saymo Farias foi condenado a 7 anos. A justiça destacou que Francisco Osório teria pago R$ 5 mil a Pedro e Saymo para realizar o homicídio.

Últimas