19 junho 2024

Detento da 1ª fuga de presídio federal é fundador do Comando Vermelho no Acre

Redação Folha do Acre

Date:

Deibson Cabral, conhecido como Tatu ou Deysim, de 33 anos, é apontado por investigação do Ministério Público como um dos fundadores da facção carioca Comando Vermelho (CV) no Acre.

Ele e outro detento, Rogério da Silva Mendonça, fugiram do Presídio Federal de Mossoró (RN) na quarta-feira (14/2). É o primeiro registro de fuga em um presídio federal desde que eles foram criados, em 2006. Os dois haviam sido transferidos para o Rio Grande do Norte em setembro, acusados de promover uma rebelião com cinco m0rtos em um presídio estadual no Acre.

Segundo relatório do Núcleo de Apoio Técnico da Coordenação de Inteligência do MP do Acre, de agosto de 2020, Deysim foi a terceira pessoa a ser batizada pelo CV no Acre, em novembro de 2013.

“O fato de ser o cadastro número 03 da facção demonstra que o indiciado é um dos fundadores da organização criminosa no Acre e portanto, g0za de grande prestígio no interior do sistema prisional para com os demais presos”, escreveu o juiz Robson Ribeiro Aleixo em sentença de 25 de fevereiro de 2022.

O magistrado condenou Deysim a 12 anos e 11 meses de prisão por organização criminosa. Na época, ele já estava preso e colecionava 15 condenações por diversos crimes, como assalto, latrocínio e homicídio.

Metrópoles

Últimas