12 junho 2024

Acre é o primeiro estado da região Norte a iniciar campanha de vacinação contra a dengue

Agência de Notícias do Acre

Date:

Seguras e eficazes, as vacinas são um importante avanço da medicina mundial, pois, ao estimular defesas naturais do corpo humano, preparam o organismo para combater doenças e vírus que muitas vezes seriam fatais para a vida humana.

Por entender a eficácia e importância da vacina para salvar vidas, o governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) e do Ministério da Saúde (MS), deu início, nesta quarta-feira, 14, à Campanha de Vacinação Contra a Dengue no Estado, no auditório da Fundação Hospital Estadual do Acre (Fundhacre).

“Com apoio do Ministério da Saúde, podemos, agora, trazer a vacina da dengue ao nosso estado. É mais uma demonstração do compromisso e respeito dessa gestão, que segue cuidando das pessoas, principalmente das nossas autoridades [crianças], que vão receber a vacina nos próximos dias”, frisou o governador Gladson Cameli durante o ato.

Seguindo todas as especificações e orientações da Nota Técnica disponibilizada pelo MS, o Estado começou a vacinar o público-alvo infantil, de 10 a 11 anos, no estado.

O titular da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), Pedro Pascoal, destacou que o Acre vai ser a vitrine da vacina no Norte, como primeiro estado a iniciar a campanha.

“O Acre vai ser o primeiro estado da Região Norte a vacinar contra a dengue. A vacinação começa pela faixa etária de 10 a 11 anos porque é o público mais atingido pela doença. Já estamos em contato com o Ministério da Saúde para viabilizar a entrega de mais doses e atender todos os acreanos”, declarou.

São 17.810 doses que vão ser distribuídas entre 11 municípios, a princípio: Acrelândia, Bujari, Capixaba, Jordão, Manoel Urbano, Plácido de Castro, Porto Acre, Rio Branco, Santa Rosa do Purus, Sena Madureira e Senador Guiomard.

O gestor ressaltou ainda que o Acre recebeu apenas 17.810 doses da vacina Qdenga, que tem o esquema vacinal composto por duas doses, sendo que a segunda é aplicada 90 dias após a primeira.

Adriana Oliveira, mãe de Pedro Henrique Oliveira, primeira criança a ser vacinada no Acre, com emoção e nervosismo, reforçou a segurança do imunizante.

“O Pedro já pegou dengue duas vezes, e agora, com a vacina, os sintomas vão ser menores. A prevenção é importante”, afirmou.

A vacinação começa, nas unidades referência dos municípios contemplados no próximo dia 16.

Últimas