20 junho 2024

Médico Tião Viana alerta para aumento de internações ocasionadas por nova variante da Covid

Redação Folha do Acre

Date:

O ex-governador do Acre e médico infectologista Tião Viana alertou, nesta segunda-feira, 29, em suas redes sociais, sobre a nova variante do coronavírus, a JN.1. De acordo com o ex-político, a nova linhagem é, hoje, a responsável pelo aumento de casos de Covid-19 em mais de 40 países, entre eles o Brasil.

Com mais registros de casos, crescem, também as internações. Todavia, de acordo com o médico, não há “maior aumento de letalidade”. Viana esclareceu, ainda, que a nova cepa é mais preocupante em países que estão vivendo o período de inverno.

No entanto, a variante JN.1., que tem alta capacidade de transmissão, já circula pelo Brasil, tendo sido detectada em dezembro, e caminha para ser predominante, a exemplo do que acontece em outros países. Descendente da Ômicron, ela entrou para a lista de “variante de interesse” da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Ao final da publicação, Viana reforça a necessidade de a população se vacinar para evitar quadros graves da doença, que, até a segunda semana de janeiro, já matou 2.071 pessoas no Acre.

Apesar de não haver aumento de letalidade, nova linhagem do coronavírus, aos provocar mais casos e, consequentemente, mais internações, pode sobrecarregar sistema de saúde. Tudo isso em um momento em que o Acre e vários outros estados do país precisam lidar com a explosão de casos de doenças arbovirais, como a dengue, zika, chikungunya, oropouche e mayaro.

A previsão de mais chuvas para as próximas semanas, o que favorece a proliferação das doenças arbovirais, e a aproximação do Carnaval, com suas aglomerações, podem tensionar ainda mais a saúde pública.

Informações A Gazeta do Acre

Últimas