20 junho 2024

Com mais de mil casos suspeitos, Acre é o estado com 2ª maior incidência de dengue

Redação Folha do Acre

Date:

O Acre é o segundo estado com maior incidência de casos de dengue do país, conforme dados do Ministério da Saúde. O estado acreano tem 212,5 casos a cada 100 mil habitantes.

Ao todo, o Acre registrou, até quinta-feira (25), 1.764 casos prováveis. O Distrito Federal lidera o ranking entre os estados. A capital do país já registrou 15.542 casos prováveis da doença desde o início do ano, o que corresponde a 551,7 casos a cada 100 mil habitantes.

Em terceiro lugar vem Minas Gerais, com 34.198 casos prováveis e incidência de 166,5 casos a cada 100 mil habitantes.

No dia 5 de janeiro, o governo decretou situação de emergência no Acre por conta do aumento de 106,6% dos casos de dengue. O decreto foi publicado em uma edição extra do Diário Oficial do Estado (DOE) e é válido por 90 dias.

Dores de cabeça, no corpo, mal-estar. Esses sintomas estão entre os que costumam ser associados de imediato à dengue. Porém, a doença não se resume a essas manifestações, já que pode se apresentar em formas mais graves.

Conforme dados do Núcleo de Doenças de Transmissão Vetorial da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), entre janeiro e início de dezembro de 2023 foram notificados 5.445 casos de dengue no estado acreano. Destes, 3.755 deram positivos.

No último dia 14, o detento identificado como Ivan Souza da Silva, de 31 anos, morreu de dengue hemorrágica no Hospital do Juruá, em Cruzeiro do Sul, interior do Acre. Esta foi a primeira morte pela doença confirmada em 2024 no estado.

Vacinação
Metade dos municípios do estado do Acre foram incluídos na lista do Ministério da Saúde para receber a vacinação contra a dengue. As 11 cidades estão na lista divulgada pelo ministério nesta quinta-feira (25).

De acordo com o ministério, foram escolhidos municípios de grande porte com alta transmissão nos últimos dez anos com população igual ou maior a 100 mil habitantes com alta taxa de transmissão da doença. Também foram levadas em consideração as taxas de transmissão da doença nos últimos meses.

O público-alvo será de crianças e adolescentes de 10 a 14 anos. O esquema vacinal é composto por duas doses com intervalo de três meses entre elas. Confira a lista de municípios definida pelo ministério:

Rio Branco
Senador Guiomard
Capixaba
Sena Madureira
Plácido de Castro
Manoel Urbano
Porto Acre
Acrelândia
Bujari
Santa Rosa do Purus
Jordão

Ainda segundo o governo federal, as doses da vacina Qdenga serão distribuídas aos municípios em fevereiro, quando deve iniciar a aplicação. Ainda não há data oficial definida para o Acre.

O Acre está em situação de emergência por conta da dengue desde o dia 5 deste mês após o estado registrar aumento de 106% nos casos da doença em 2023. Conforme dados do Núcleo de Doenças de Transmissão Vetorial da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), entre janeiro e início de dezembro de 2023 foram notificados 5.445 casos de dengue no estado acreano. Destes, 3.755 deram positivos.

No mesmo período de 2022, as notificações de casos prováveis da doença totalizavam 2.635, uma variação de 106,%6 entre os períodos avaliados.

Últimas