12 junho 2024

Bocalom sanciona lei que cria nova Secretaria de Esportes em Rio Branco

ContilNet

Date:

O prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, realizou na manhã desta quarta-feira (20) um evento para criar oficialmente a Secretaria Municipal de Esportes na capital acreana. Ainda não há nomes confirmados para comandar a nova pasta.

No auditório da prefeitura, o líder do Executivo Municipal reuniu representantes de diversas modalidades esportivas da capital acreana, que prestigiaram o momento da assinatura de criação da secretaria.

Para Gleciane Magalhães, da Super Liga Acreana de Kung Fu, a criação da nova secretária trará mais apoio ao esporte rio-branquense.

“Essa secretária é de suma importância para os jovens, e principalmente para as artes marciais, e para esportes como o futebol, que está necessitando de apoio. Agora vamos ter essa secretaria que, com certeza, será de grande valia para nossa categoria”, disse.

O projeto de lei inicial foi aprovado por unanimidade pela Câmara Municipal de Rio Branco durante a última sessão do ano, dia 14 de dezembro. Com a criação da nova secretaria, a pasta do esporte, que antes fazia parte da Fundação Garibaldi Brasil (FGB), será extinta. O prefeito Tião Bocalom disse que a criação fomentará o apoio ao esporte na capital acreana.

“A criação dessa nova secretaria não se trata de um cabide de empregos. Mas sim uma sinalização a nossa sociedade de que queremos cada vez mais incentivar a prática do esporte em Rio Branco. Com a secretaria montada, com certeza facilita a busca de recursos federais”, ressaltou.

De acordo com o prefeito, a secretaria começa a operar em março de 2024 e ainda não há nomes cotados para secretário da pasta.

“Não tem ninguém cotado ainda. A secretaria está passando por estruturação. Isso só vai sair em março do ano que vem, quando realmente será implantada”, afirma.

Os recursos que serão destinados à nova secretária serão da FGB, assim como os servidores, exploda o prefeito.

“A gente vai aproveitar a grande maioria que estava na FGB e colocar na secretaria. Com o orçamento também será da mesma forma. Se for preciso colocar ainda mais recursos do que colocamos nos últimos anos, vamos colocar. Antes nosso orçamento era de R$ 100 mil e elevamos esse valor para R$ 1,5 milhões”, destacou.

Últimas