12 junho 2024

Polícia revela motivo da morte de Gedeon Barros; mandantes e executores foram presos

Redação Folha do Acre

Date:

A Polícia Civil do Acre organizou coletiva de imprensa nesta quarta-feira (20) para tratar sobre a prisão de suspeitos de envolvimento na morte do ex-prefeito de Plácido de Castro, Gedeon Barros.

De acordo com o delegado Alcino Júnior, a prisão dos suspeito é uma etapa fundamental para a elucidação do crime de assassinato do ex-prefeito.

Alcino disse ainda que o crime se trata de “pistolagem” e a investigação é considerada complexa.

“O crime de pistolagem é um crime complexo e requer uma atenção maior da investigação. Por isso se demora mais um pouco. Hoje cumprimos uma etapa importante de apresentação à Justiça dos mandantes e executores do crime”, disse.

Ainda segundo o delegado, foram cumpridos seis mandados de prisão preventiva e nove mandados de busca e apreensão.

“No dia de hoje foram executados seis mandados de prisão. Dois deles são de pessoas que encomendaram o crime e um deles de executor do assassinato”.

Alcino afirmou ainda que a causa do assassinato teria sido desacordo societário, negociações financeiras que foram descumpridas durante o mandato de Gedeon.

“Nos parece muito um desacordo comercial e societário entre a vítima e os mandantes do crime. Não necessariamente um desacordo comercial formal, mas de negociações mantidas durante e após o mandato do ex-prefeito, disse.

Últimas