2 março 2024

Anel de fumaça no céu intriga moradores na tarde desta sexta-feira, 08, no interior do Acre

Redação Folha do Acre

Date:

Circula nas redes sociais vídeos que mostram um anel de fumaça preta flutuando no céu nas cidades de Brasiléia e Epitaciolândia, na fronteira do Acre com a Bolívia. O registro, segundo alguns relatos, são da manhã desta sexta-feira, 8, tendo intrigado uns e até assustado outros que testemunharam o fenômeno.

Uma pesquisa rápida na internet mostra, contudo, que apesar de raro, o acontecimento tem registros em outros lugares mundo afora, como na Tailândia, segundo publicação do g1 no dia 8 de novembro passado, onde a formação avistada por populares é idêntica à ocorrida no Acre. Segundo a agência de notícias Reuters, o registro da Tailândia foi feito em 27 de outubro.

Ainda de acordo com a Reuters, o pesquisador Ajarn Jessada Denduangboriphan, professor do Departamento de Biologia da Universidade Chulalongkorn, na Tailândia, disse acreditar que o anel tenha sido formado pela “explosão de uma estrutura esférica”, com a fumaça mantendo sua forma de anel à medida que se elevava.

“Pode ter sido causado por uma explosão de transformador. A origem da fumaça deve ser claramente investigada. Se a causa for uma máquina ou combustível queimado, a fumaça simplesmente desaparecerá no ar. Mas poderia ser prejudicial, se fosse causada pela queima de certos produtos químicos”, relatou o cientista.

Também segundo a Reuters, em agosto deste ano, outro anel de fumaça preta chamou a atenção das pessoas quando apareceu no céu de Sentosa, em Cingapura.

Outros veículos citam que, segundo opinião de meteorologistas, que o círculo escuro que paira no céu, mas acaba se dissipando após um tempo, se trata de um vórtice. Ele seria formado quando em uma combustão um fluido de roda gira em torno de um ponto central.

Banheiras, pias e outros escoamentos de água possuem formas visíveis de vórtices, enquanto na atmosfera somente é possível vê-lo quando alguma poeira ou fumaça se junta a ele.

Ac24horas

Últimas