2 março 2024

Policiais militares jogam bola com crianças no Acre: “Queremos que nos vejam como amigos”

Redação

Date:

Uma imagem que passou a circular nas redes sociais chamou atenção ao mostrar dois policiais militares jogando bola com crianças em um “campinho” improvisado de terra batida. Os “gols”, como no futebol raiz da periferia, foram improvisados com “havaianas”.

A reportagem apurou que o vídeo foi feito na tarde desse domingo, 5, no bairro Quixadá Amorim, no município de Capixaba, e descobriu ainda que os PMs jogadores são o sargento Ferreira e o soldado Simões.

“Esse episódio não foi o primeiro. Sempre que a gente está em patrulhamento, paramos, conversamos com as crianças, dialogamos com os pais. As crianças recebem um tratamento especial, eles se aproximam da viatura, pedem para conhecer e a gente permite. Ontem, íamos passando pela rua e eles estavam jogando, chegamos falando que a “cerca era nossa”. Os moleques ficaram muito felizes e foi uma interação bem bacana”, conta o sargento Ferreira.

O PM destaca ainda que aproximar a polícia da criançada é uma estratégia contra o crime. “Hoje em dia, crianças entre cinco e sete anos já estão sendo coagidas a entrar no mundo do crime. Conversamos com as crianças para que eles percam o medo da polícia e saibam que somos parceiros da comunidade”, destaca.

Os policiais fazem parte do 4º Batalhão da PM que ainda integra, além de Capixaba, os municípios de Senador Guiomard, Acrelândia e Plácido de Castro, e tem como comandante uma mulher, a tenente-coronel Eliana. “Buscamos ações preventivas de integração e aproximação com a comunidade. Sabemos que a nossa missão é servir o cidadão da melhor maneira possível, e isso consiste em construir a cada dia uma relação de confiança e de credibilidade com a população, especialmente as crianças”, destaca.

Ac24horas

Últimas