24 fevereiro 2024

Aumento na temperatura da água pode ter causado morte de peixes em rio no AC

Redação

Date:

O aumento na média de temperaturas das águas do Rio Amônia em Marechal Thaumaturgo, no interior do Acre, pode ter causado a morte de peixes registrada no final de setembro. Conforme a Secretaria de Meio Ambiente (Sema), foi feito um estudo que utilizou amostras da água do Rio Amônia e também ouviu moradores da região. As amostras não encontraram presença de metais pesados.

O levantamento, feito pela Sema junto ao Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac) e a Universidade Federal do Acre (Ufac), coletou as amostras no dia 4 de outubro. A área visitada pela equipe técnica abrangeu um trecho de aproximadamente 10 km no Rio Amônia, com pontos de coleta diferentes que se estenderam até o Rio Juruá.

“A equipe técnica conclui que, diante dos resultados das entrevistas com ribeirinhos, reunião com os representantes institucionais e levantamentos bibliográficos, no dia do evento de mortandade de peixes, no Rio Amônia, possa ter ocorrido uma diminuição das concentrações de oxigênio dissolvido, em função da elevação extrema da temperatura da água, associada ao baixo nível da coluna d’água, tornando o ambiente inóspito aos peixes”, afirma o estudo.

A secretária de Meio Ambiente Julie Messias voltou a ressaltar que o problema tem sido registrado em vários estados da região Norte, e afirmou que as possíveis causas continuam sendo debatidas para a definição de soluções.

“Infelizmente, os outros estados da Amazônia também enfrentaram a mesma situação. O laudo da avaliação da qualidade da água que descarta contaminação, acende um outro alerta que é a alta temperatura da água. Estamos dialogando na Sala de Crise da Região Norte, da Agência Nacional de Águas (ANA), a qual a Sema, por meio da Sala de Situação, integra”, disse.

G1

Últimas